Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 23/06/2014
  • 14:05
  • Atualização: 14:11

Prandelli fala em "jogo mais importante da carreira" contra o Uruguai

Treinador da Itália garante que seleção jogará pela vitória em Natal

Prandelli da Itália garante que seleção jogará pela vitória em Natal | Foto: Giuseppe Cacace / AFP / CP

Prandelli da Itália garante que seleção jogará pela vitória em Natal | Foto: Giuseppe Cacace / AFP / CP

  • Comentários
  • Lancepress

"Esse é o jogo mais importante da minha carreira profissional, não posso comparar com qualquer outro jogo." Foi assim que resumiu Cesare Prandelli ao ser questionado sobre o sentimento para o duelo entre Itália e Uruguai, às 13h desta terça-feira, na Arena das Dunas, em Natal (RN), em jogo que decidirá a classificação de uma das seleções - e a eliminação da outra - às oitavas de final da Copa do Mundo.

O treinador italiano não quer repetir o fiasco do antecessor Marcelo Lippi na Copa de 2010, na África do Sul, quando a Azzurra caiu na primeira fase (na ocasião, em um grupo formado por Paraguai, Eslováquia e Nova Zelândia). Após o torneio, Prandelli deixou a Fiorentina (ITA) para assumir a seleção de seu país, iniciando uma renovação.

O resultado positivo veio logo no torneio mais importante na sequência, a Eurocopa de 2012. Na ocasião, a seleção eliminou a Inglaterra nas oitavas de final e a Alemanha, na semi. Depois, sofreu uma derrota por 4 a 0 para a Espanha na decisão, mas mesmo assim Prandelli saiu fortalecido.

Na Copa das Confederações do ano passado, mais uma derrota para a Espanha, desta vez na semifinal. E, de novo, a Azzurra deixou boa impressão, já que os espanhois se classificaram para a final apenas na decisão por pênaltis, após empate por 0 a 0 no tempo normal.

Agora, contra o Uruguai, o treinador garante que o pensamento será na vitória. Os italianos jogam por um empate pela vaga, já que estão com um gol a mais de saldo. Na primeira rodada, a Azzurra venceu a Inglaterra por 2 a 1, mas depois foi surpreendida em derrota por 1 a 0 para a Costa Rica, que é a líder do Grupo D e já garantida na próxima fase.

"Estamos convencidos de que, para atingirmos um resultado positivo, temos de entrar no jogo com mentalidade da vitória. Não podemos querer um empate. Se empatarmos eventualmente, é porque conseguimos manter um equilíbrio no jogo", disse o treinador italiano.

"Eu disse para os jogadores que eles têm de ser confiantes, têm de acreditar até o fim. Estamos confiantes e vamos jogar pela vitória", afirmou.

Bookmark and Share