Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
17º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Brasileirão

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

23/06/2014 15:32 - Atualizado em 23/06/2014 15:33

Pablo Mouche realiza exames médicos no Palmeiras

Atleta argentino assinará por cinco anos com clube paulista

Já em São Paulo (SP), o atacante Pablo Mouche realizou na manhã desta segunda-feira os exames médicos pelo Palmeiras. Já liberado pelo Kayserispor (TUR), o jogador depende do acerto dos últimos trâmites burocráticos para enfim ser anunciado como reforço do Verdão.

As avaliações do argentino estavam previstas para durar a manhã toda. Ele chegou ao Brasil acompanhado de seu empresário, que o ajudará a negociar os últimos detalhes do acordo. O atleta assinará por cinco anos.
O Alviverde ainda não anunciou o atleta, nem se pronunciou sobre a negociação, mas os turcos informaram na noite de domingo que a venda foi acertada por US$ 4 milhões (R$ 8,9 milhões) - o valor será bancado por empresários palmeirenses. Metade do valor ficará com o Boca Juniors (ARG), que vendeu 70% de seus direitos ao Kayserispor (TUR), em 2012.

O jogador foi um pedido do técnico Ricardo Gareca, que também terá no Verdão Fernando Tobio, zagueiro do Vélez Sarsfield (ARG) de 24 anos, comandado por El Flaco no time argentino. O Palmeiras aguarda apenas a liberação do clube de Liniers (o contrato com o beque é até 30 de junho) para anunciá-lo.

A expectativa é de que a dupla possa se unir ao grupo em Atibaia (SP), onde os jogadores ficarão até 2 de julho. Nesta segunda, houve o primeiro treino no local, ainda sem as novidades.


Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.