Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 24/06/2014
  • 10:32
  • Atualização: 11:17

Imprensa inglesa prevê jogo apimentado entre Brasil e Chile

Seleção Brasileira venceu Camarões e garantiu passagem às oitavas da Copa do Mundo

Jornal inglês destaca jogo apimentado entre Brasil e Chile  | Foto: Jefferson Bernardes / Vipcomm / CP

Jornal inglês destaca jogo apimentado entre Brasil e Chile | Foto: Jefferson Bernardes / Vipcomm / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Respeito, temor e entusiasmo. Este são os sentimentos que rondam as oitavas de final da Copa do Mundo entre Brasil e Chile, marcada para o próximo sábado, no estádio do Mineirão. A imprensa inglesa destaca nesta terça-feira que a Seleção Brasileira fará um duelo apimentado com a Roja comandada pelo técnico Jorge Sampaoli.

De acordo com o jornal Daily Mail, da Inglaterra, o atacante Neymar foi o destaque do Brasil na vitória sobre Camarões nessa segunda-feira, principalmente depois dos dois gols marcados no estádio Mané Garrincha. O craque é sério candidato à chuteira de ouro na Copa do Mundo.



O jornal espanhol Marca deu destaque para a cautela do técnico Luiz Felipe Scolari. Durante a entrevista coletiva, o comandante da Seleção revelou que não gostaria de enfrentar o Chile nas oitavas de final. "Todas as equipes sul-americanas são muito difíceis", afirmou na conferência após o jogo em Brasília. 

Na Argentina, o Diário Olé relatou que o Brasil trata o jogo contra o Chile com absoluto respeito. "Chile é um excelente rival. Eles jogam com muita intensidade, jogam bonito e imagino que a partida será muito boa", disse o zagueiro David Luiz.

O volante Fernandinho também relatou ao Olé que o Brasil terá muito trabalho pela frente para eliminar o Chile. "Eles têm jogadores muito rápidos. Será um grande jogo", resumiu.

O jornal La Tercera, do Chile, relatou o temor de enfrentar mais uma vez a Seleção Brasileira nas oitavas de final. O periódico informou que a Roja só venceu o Brasil sete vezes na sua história e já foi eliminado em Copa do Mundo em três oportunidades: 1962, 1998 e 2010. 



Bookmark and Share