Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 25/06/2014
  • 07:47
  • Atualização: 16:42

França testa poder ofensivo contra o Equador

Equipe europeia aplicou duas goleadas na Copa do Mundo

França enfrenta o Equador no Maracanã  | Foto: Franck Fife / AFP / CP

França enfrenta o Equador no Maracanã | Foto: Franck Fife / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Com a vaga praticamente assegurada nas oitavas de final, a França voltará a testar seu poder ofensivo contra um Equador que luta para evitar a eliminação, em um confronto pela terceira rodada do Grupo E na quarta-feira no Maracanã. Os "Bleus", que atropelaram Honduras por 3 a 0 e a Suíça por 5 a 2, são os amplos favoritos para a partida de quarta-feira às 17h no Rio de Janeiro.



O time treinado por Didier Deschamps teve duas grandes atuações na Copa e já é apontado por comentaristas como favorito ao título. Do outro lado, a seleção equatoriana chega ao confronto em uma situação preocupante. Com três pontos e saldo zero, ocupa o segundo lugar, à frente da Suíça, que tem a mesma pontuação e saldo de gols -2. Mas como os suíços encaram o lanterninha Honduras na última rodada, no mesmo horário em Manaus, as possibilidades de classificação dos europeus são bem maiores. "Temos que melhorar muito para enfrentar a França", admitiu o técnico do Equador, o colombiano Reinaldo Rueda.

Enquanto os sul-americanos fazem contas, a equipe da França quer garantir o primeiro lugar da chave, para evitar a Argentina de Lionel Messi, que tem tudo para terminar na liderança do grupo F, e aumentar ainda mais a moral de um time que chegou ao Brasil repleto de desconfiança. "Queremos vencer esta partida e manter nossa boa dinâmica para a próxima fase", disse o zagueiro Mathieu Debuchy.

Deschamps fará alterações no time: o meia Yohan Cabaye está suspenso por ter recebido dois cartões amarelos e os zagueiros titulares Mamadou Sakho e Raphael Varane tem problemas físicos. Sakho, do Liverpool, está com dores na coxa, e Varane, do Real Madrid, sofreu uma gastroenterite e nos últimos dias. O treinador pode então optar por uma zaga improvisada, formada por Laurent Koscielny, do Arsenal e Eliaquim Mangala, do Porto.

Do lado equatoriano, Rueda descartou mudanças significativas e aposta em um jogo fechado, que permita a sua equipe jogar nos contra-ataques. A partida também terá um duelo entre dois dos principais artilheiros da Copa, o francês Karim Benzema e o equatoriano Enner Valencia, ambos com três gols.

Grupo E - Copa do Mundo

Equador
Dominguez; Paredes, Guagua, Erazo e Ayoví; Minda(Gruezo), Noboa, A. Valencia e Montero; E. Valencia e Caicedo. Técnico: Reinaldo Rueda

França
Lloris; Debuchy, Varane(Mangala), Sakho(Koscielny) e Evra; Mavuba, Sissoko(Pogba) e Matuidi; Valbuena, Benzema e Giroud(Griezman). Técnico: Didier Deschamps

Local: Maracanã - Rio de Janeiro(RJ)
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Noumandiez Doue (Costa do Marfim)
Assistentes: Songuifolo Yeo(Costa do Marfim) e Jean Claude Birumushahu (Burundi)

Bookmark and Share