Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 26/06/2014
  • 08:03
  • Atualização: 08:27

Argélia encara Rússia em busca de avanço inédito às oitavas

Jogo pelo Grupo H ocorre às 17h na Arena da Baixada, em Curitiba

Vitória consistente sobre a Coreia do Sul fez Argélia ter chances a classificação | Foto: Vicenzo Pinto / Pedro Ugarte / AFP / CP

Vitória consistente sobre a Coreia do Sul fez Argélia ter chances a classificação | Foto: Vicenzo Pinto / Pedro Ugarte / AFP / CP

  • Comentários
  • Lancepress

Chegou a hora de fazer história para a seleção argelina. Basta uma vitória "simples" diante da Rússia ou até mesmo um empate, caso a Coreia do Sul não vença a Bélgica por goleada, para a Argélia celebrará uma classificação à segunda fase de uma Copa do Mundo pela primeira vez. O duelo contra a Rússia, válido pela terceira e última rodada do Grupo H do Mundial no Brasil, acontecerá nesta quinta-feira, a partir das 17h, na Arena da Baixada, em Curitiba.

A Argélia está em sua quarta Copa do Mundo. Avançar de fase quase foi possível logo na primeira, em 1982. Vitória contra Alemanha Ocidental, derrota para a Áustria e triunfo diante do Chile. Só que Alemanha e Áustria se enfrentaram no dia seguinte ao último compromisso argelino (contra o Chile) e, em partida cujo resultado teria sido combinado, a Alemanha derrotou a Áustria, por 1 a 0, resultado que classificou ambas e caraterizou tal duelo como "Jogo da Vergonha". O trio terminou com quatro pontos, mas a Argélia acabou em terceiro na chave graças ao saldo de gols.

Já nas edições de 1986 e 2010, a Argélia não conseguiu nem vencer. Apenas empatar um dos três jogos que fez. Na África do Sul, por exemplo, as Raposas do Deserto deixaram o Mundial sem marcar um gol sequer. A sorte argelina em um Mundial começou a virar na vitória contra a Coreia do Sul, no último domingo. Além de encerrar um jejum de vitórias em Copas – de sete partidas –, esse triunfo deixou a classificação às oitavas de final próxima.

A classificação para a Copa do Mundo no Brasil foi conquistada com certo drama. Após passagem tranquila pelo Grupo H da segunda fase das Eliminatórias – cinco vitórias e uma derrota, garantindo o primeiro lugar e, consequentemente, a classificação –, a Argélia foi derrotada por Burkina Faso no jogo de ida da terceira fase, por 3 a 2, mas, com um gol do capitão Bougherra, venceu o duelo de volta, por 1 a 0, e garantindo presença na Copa-2014.

A tendência é pela manutenção do time que derrotou a Coreia do Sul em Porto Alegre. Os laterais Mandi e Mesbah, o meia-atacante Dajbou e o centroavante Slimani foram titulares e corresponderam. Slimani, por exemplo, foi o goleador argelino nas Eliminatórias, ao marcar cinco gols em sete jogos. Aboutrika, Salah, do Egito, e Gyan, de Gana, foram, com seis gols, os artilheiros das Eliminatórias.

Vitória e classificação para a Rússia?

Vencer ou vencer. Não há outra possibilidade para os comandados de Fabio Capello diante da Argélia. Com apenas um ponto, a Rússia precisa derrotar a Argélia na Arena da Baixada e ficar na torcida contra a Coreia do Sul, que não poderá golear a Bélgica, um resultado pouco provável de acontecer.

A necessidade de vitória pode fazer com Capello promova mudanças. Kerzhakov, autor do único gol russo nesta Copa, diante da Coreia do Sul, pode iniciar o jogo entre os titulares. Ele é o único remanescente de 2002, ano em que a Rússia participou pela última vez de o Mundial antes da competição chegar ao Brasil.

Argélia e Rússia chegaram à terceira fase da Copa sem jogadores suspensos. Mas ambas as seleções podem perder dois atletas caso avancem às oitavas de final, pois Bentaleb e Bougherra, Shatov e Glushkov estão pendurados, respectivamente.

Grupo H

Argélia
M'Bouhli, Mandi, Bougherra, Halliche e Mesbah; Brahimi, Bentaleb, Medjani, Feghouli, Djabou; Slimani – Técnico: Vahid Halilhodžic.

Rússia
Akinfeev, Kozlov, Berezutski, Ignashevich e Kombarov; Glushakov e Fayzulin; Samedov, Kanunnikov (Kerzhakov) e Shatov; Kokorin – Técnico: Fábio Capello.

Árbitro: Cuneyt Cakir (Fifa-TUR). Auxiliares: Bahattin Duran (Fifa-TUR) e Tarik Ongun (Fifa-TUR).

Local:
Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Hora:
17h.

Bookmark and Share