Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 26/06/2014
  • 18:53
  • Atualização: 19:42

Bélgica vence a Coreia e pega EUA nas oitavas de final

Equipe europeia fechou 1ª fase da Copa com três vitórias

Jan Vertonghen anotou o gol da Bélgica | Foto: Fabrice Coffrini / AFP / CP

Jan Vertonghen anotou o gol da Bélgica | Foto: Fabrice Coffrini / AFP / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Lancepress

A Bélgica ainda não fez uma exibição digna do cartaz com que chegou à Copa. Sensação das eliminatórias, os belgas sofreraram para derrotar a Coreia do Sul por 1 a 0 nesta quinta-feira na Arena Corinthians. Jan Vertonghen, na segunda etapa, marcou o único gol da partida.

Com a vitória, a seleção encerra em primeiro lugar do Gruo H com nove pontos e com 100% de aproveitamento, mesmo sem apresentar um futebol vistoso. Nas oitavas de final a Bélgica enfrenta os EUA na próxima terça-feira, 17h, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Apesar de poupar muitos titulares, a Bélgica mostrou qualidade no início do jogo, principalmente com Mertens, que já havia se destacado contra a Rússia. A Coreia também avançava com perigo pelo lado direito, e chegou a pedir pênalti em um lance ainda antes dos dez minutos, mas não foi atendida. Mas aos poucos a Bélgica foi se impondo. Aos 25 minutos, a bola sobrou para Mertens, dentro da área, mas o atacante chutou para fora de maneira incrível.

Em raro contra-ataque, Ki Sung-Yueng, aos 30 minutos, obrigou Courtois a fazer grande defesa. Na parte final da primeira etapa, o nível técnico do jogo caiu ainda mais, e houve destaque apenas para Mertens, que parecia travar duelo com o goleiro Seung-Gyu, e para a a agressividade das equipes. Por deixar o pé na canela do adversário, Defour foi expulso pouco antes do fim da primeira etapa.

Gol de zagueiro
A segunda etapa começou com a Coreia, com um jogador a mais, tentando se impor. Lee Keun-Ho e Ki Sung-Yueng, em chutes de longe, até assustavam a torcida belga, mas não o goleiro Courtois. Mas nos contra-ataques, Mertens continuava travando duelo com o goleiro sul-coreano.

E quando parecia que Koo Ja-Cheol e Ki Sung-Yueng conseguiriam fazer a bola passar pelo goleiro Courtois, Origi chutou, o goleiro deu rebote e Vertonghen, aos 32 minutos, em sua segunda boa aparição no ataque, aproveitou o rebote. A partir daí, praticamente entregue, a Coreia do Sul se limitou a correr, sem conseguir ser efetiva.





Bookmark and Share