Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

  • 27/06/2014
  • 11:18

Brigas não servem como desculpa, diz Gyan após eliminação

Capitão da seleção de Gana admitiu divergências no grupo durante Copa do Mundo

Brigas não servem como desculpa, diz Gyan após eliminação | Foto: Gabriel Bouys / AFP / CP

Brigas não servem como desculpa, diz Gyan após eliminação | Foto: Gabriel Bouys / AFP / CP

  • Comentários
  • Lancepress

A campanha de Gana nesta Copa do Mundo ficou marcada mais pelos problemas internos do que pelo futebol dentro de campo. Com divergências na premiação pela participação e suspensão de dois jogadores no dia do jogo de Portugal, os ganeses deixaram o Mundial na primeira fase após terem avançado às oitavas de final em 2006 e às quartas em 2010. Todavia, o atacante e capitão Asamoah Gyan não relaciona as brigas com a eliminação precoce.

"Tenho que fazer meu trabalho como capitão, dentro e fora de campo. Passamos por momentos difíceis nesta Copa do Mundo, fizemos muitas reuniões, houve algumas divergências. Mas isso não pode servir como desculpa para a elminação. Agora é pensar adiante", disse o camisa 3.

Gana encerrou a participação nesta Copa do Mundo como a última colocada do Grupo G, com apenas um ponto em três jogos disputados (um empate e duas derrotas). Os africanos ficaram atrás de Alemanha (7 pts), Estados Unidos (4 pts) e Portugal (4 pts).

Bookmark and Share