Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 27/06/2014
  • 16:34
  • Atualização: 16:35

Carioca troca ingresso da final da Copa de 50 por um da final de 2014

Joedir Sancho Belmont irá assistir ao jogo dia 13 de julho ao lado do filho no Maracanã

Depois de 64 anos, final da Copa volta ao Maracanã | Foto: William West / AFP / CP

Depois de 64 anos, final da Copa volta ao Maracanã | Foto: William West / AFP / CP

  • Comentários
  • Agência Brasil

Mesmo com o ingresso na mão, o carioca Joedir Sancho Belmont não conseguiu assistir ao último jogo da Copa do Mundo de 1950 no Maracanã, entre Brasil e Uruguai. Ele guardou a entrada por 64 anos e, graças a isso, nesta sexta-feira recebeu um ingresso para a final da Copa de 2014 do secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jérôme Valcke.

“Por motivos alheios a minha vontade não pude assistir àquele fatídico jogo quando Barbosa (goleiro brasileiro) levou o gol do Ghiggia (jogador uruguaio)”, comentou ele. “Mas agora terei a oportunidade de assistir a outra final no Maracanã e, se tudo der certo, o Brasil irá à forra daquele 2 x 1”, disse ele, na companhia do filho e do neto, que ganhou uma bola de Valcke.

Hoje com 85 anos, Belmont perdeu a final, porque a mãe adoeceu e acabou falecendo dias depois. Joedir chegou a tentar comprar ingresso para a final deste ano, mas não foi sorteado. Meses antes dos jogos do Brasil, ele decidiu doar o ingresso para o museu da Fifa em Zurique, a ser inaugurado no ano que vem, e pediu ao filho, José Augusto Belmont, que enviasse uma carta à federação para fazer a oferta. O filho conta que nunca imaginou que a Fifa responderia a carta.

“A princípio não levei fé de que chegaria a esse ponto. Foi uma grata surpresa. Já que ele não pôde ir na final de 1950, pelo menos poderá ir na deste ano”, disse o filho que ganhou um ingresso para acompanhar o pai.

Bookmark and Share