Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 28/06/2014
  • 20:23
  • Atualização: 20:43

Abatido, Cavani admite que suspensão de Suárez afetou Uruguai

Companheiro de ataque de Luisito disse que time volta para Montevidéu de cabeça erguida

Cavani admitiu que Uruguai sentiu falta de Suárez | Foto: Luis Acosta / AFP / CP

Cavani admitiu que Uruguai sentiu falta de Suárez | Foto: Luis Acosta / AFP / CP

  • Comentários
  • Lancepress

O Uruguai se classificou aos trancos e barrancos para as oitavas de final da Copa do Mundo e, no processo, acabou perdendo seu principal jogador, Luis Suárez, banido do torneio por ter mordido o zagueiro Chiellini na última partida da fase de grupos. Após a eliminação para a Colômbia, o companheiro de ataque de Luisito, Cavani, admitiu que a Celeste sentiu a suspensão do camisa 9.

“A verdade é que a notícia da suspensão abalou todo mundo. Tentamos nos isolar do ambiente jornalístico, de tudo que vinha sendo dito e focar no nosso trabalho. Mas é claro que nos afetou. Estamos conscientes de que é uma seleção e que temos os melhores jogadores à nossa disposição e já saímos de situações difíceis sem grandes jogadores. Mas desta vez não deu”, disse Cavani.

“Voltamos ao Uruguai com cabeça erguida. Saber que podemos perder, mas não podemos nos envergonhar. Temos que deixar tudo no campo e nós fizemos isso. Sabemos que o futebol é assim. Demos o máximo e vamos seguir em frente, com cabeça erguida”, prosseguiu.

Eliminado pela Colômbia após derrota de 2 a 0 no Maracanã, o Uruguai não vai conseguir repetir o desempenho da Copa do Mundo de 2010, quando chegou à semifinal.

Bookmark and Share