Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 29/06/2014
  • 18:25
  • Atualização: 18:39

Lahm quer fugir de jogo similar ao de Gana: "Nos faltou classe"

Capitão afirma que Alemanha precisa exercer superioridade tática para evitar correria

Capitão afirma que Alemanha precisa exercer superioridade tática para evitar correria | Foto: Fabiano do Amaral

Capitão afirma que Alemanha precisa exercer superioridade tática para evitar correria | Foto: Fabiano do Amaral

  • Comentários
  • Bernardo Bercht/Correio do Povo

A experiência de três Copas do Mundo, cada uma em posições diferentes, deixa o capitão da Alemanha, Philipp Lahm, credenciado para orientar os companheiros contra a Argélia nesta segunda-feira. Na coletiva deste domingo, no Beira-Rio, o jogador reconheceu que a equipe criou um problema para ela mesma contra Gana na fase de grupos. "Foi uma partida de muita paixão e pouca tática. Nos faltou classe", analisou antes do treino de reconhecimento do Beira-Rio.

Lahm salientou que o time alemão tem versatilidade e conhecimento para controlar melhor os jogos, ainda que não subestime os argelinos. Para o meio-campista, a equipe africana vai tentar propor um jogo parecido com o dos ganeses.

"Eles defendem bem em bloco e preferem jgoar com muita força. Não será fácil de enfrentá-los", definiu. "Por conta disso, precisamos de equilíbrio, mas também temos que atacar e defender de maneira agressiva", projetou.

Lahm afirmou, ainda, que o clima do Rio Grande do Sul pode ajudar um pouco. "A gente se preparou para enfrentar condições até mais quentes. Com o clima ameno daqui poderemos entregar um futebol melhor", avaliou. "Vir do calor para o frio é mais fácil do que o contrário. Mas apenas depois do jogo será possível concluir", disse.

Bookmark and Share