Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 29/06/2014
  • 21:20
  • Atualização: 21:27

Alan Patrick vê briga sadia e quer segurar lugar no time do Inter

Meia acredita que concorrência será grande por vaga na equipe colorada

Alan Patrick não se incomoda com disputa por titularidade no Inter | Foto: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP

Alan Patrick não se incomoda com disputa por titularidade no Inter | Foto: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O meia Alan Patrick terminou a primeira parte do Brasileirão como titular do time de Abel Braga. Após começar o ano na reserva, ele conquistou um lugar na equipe no primeiro Gre-Nal da final do Gauchão e não saiu a mais. Na retomada da temporada, o jogador destaca a concorrência com a chegada de Carlos Luque, que atua no seu setor – Jorge Henrique e Valdivia também brigam pela vaga -, mas afirma que a concorrência é boa para o crescimento colorado.

“É uma disputa sadia e válida. Sabemos que o nosso grupo é qualificado, tem ainda outros jogadores que disputam a posição. Isso é bom para os titulares não se acomodarem. É bom e tem que ter no grupo porque só fortalece. Tem muitos jogadores que podem fazer a minha função. O Abel algumas vezes usa jogadores em outras posições. É difícil falar, mas tem uma variedade de jogadores para brigar pelas posições”, disse.

O Inter realizou nesse sábado o primeiro jogo-treino da intertemporada, em Santa Catarina. Antes, o elenco passou por um período de treinamentos em Porto Alegre. Alan Patrick destacou que o momento é para aproveita ao máximo os treinos para o Colorado chegar bem nas disputas do segundo semestre.

“Esse período agrega muita coisa positiva. Nós sabemos que temos um grupo bom. Esse período ajuda a gente a estar junto, a sempre brincar. Isso faz bem para o grupo. Levando essa alegria para o grupo ajuda ainda mais”, que acredita que o time superou bem o gramado molhado no jogo-treino contra o Camboriú.

“O campo estava bem pesado, choveu bastante nos últimos dias. Mas fizemos uma parte física boa em Porto Alegre. Aqui trabalhamos mais a parte técnica. Temos dois amistosos para que o Abel possa fazer o melhor para a nossa equipe. Temos que treinar para melhorar e aguentar a sequência do Brasileirão, que vai ser muito difícil”, concluiu.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Inter, Esporte