Porto Alegre, sábado, 29 de Novembro de 2014

  • 03/07/2014
  • 12:52
  • Atualização: 12:53

Técnico da Bélgica nega favoritismo da Argentina e vê duelo equilibrado

Marc Wilmots disse que lugares de honra na Copa do Mundo não interessam mais

Técnico da Bélgica nega favoritismo da Argentina e vê duelo equilibrado | Foto: Martin Bureau / AFP / CP

Técnico da Bélgica nega favoritismo da Argentina e vê duelo equilibrado | Foto: Martin Bureau / AFP / CP

  • Comentários
  • Lancepress

A Argentina conta com Di María, Messi, Lavezzi e Higuain no setor ofensivo. Nem mesmo um dos ataques mais perigosos da Copa do Mundo faz o técnico da Bélgica, Marc Wilmots, colocar a seleção portenha como favorita para o confronto deste sábado, às 13h, no Mané Garrincha, em Brasília, válido pelas quartas de final da Copa do Mundo. Wilmots defende a ideia de que o duelo será equilibrado, com 50% de chance para cada equipe.

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, em Mogi das Cruzes, horas antes de embarcar para Brasília, o treinador belga não quer a sua seleção satisfeita somente com o fato de ter chegado às fases finais do Mundial. "Nós precisamos mudar a mentalidade da Bélgica, não queremos mais lugares de honra na Copa do Mundo. Isso não nos interessa mais. A partida contra a Argentina será mais uma final, assim como foi contra os Estados Unidos", declarou.

Para a partida diante dos hermanos, dois jogadores ainda não estão garantidos na equipe titular: Vermaelen e Kompany. O primeiro, que não enfrentou os Estados Unidos por causa de problemas musculares, é o que mais preocupa. Já o segundo, com uma lesão na virilha, declarou na última quarta-feira que vai fazer de tudo para não desfalcar o time.

Bookmark and Share