Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 04/07/2014
  • 09:27
  • Atualização: 09:32

"Tinha esperança de ser convocado", diz D'Alessandro

Meia do Inter lamentou ausência no grupo da Argentina na Copa do Mundo

Meia do Inter lamentou ausência no grupo da Argentina na Copa do Mundo  | Foto: Alexandre Lops / Inter / Divulgação CP

Meia do Inter lamentou ausência no grupo da Argentina na Copa do Mundo | Foto: Alexandre Lops / Inter / Divulgação CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Assistir à Copa do Mundo pela televisão machuca D’Alessandro. O principal jogador do Inter acredita que poderia ser útil à seleção argentina e lamenta por não ter recebido mais oportunidades do técnico Alejandro Sabella, que assumiu o cargo em 2011. “Fico frustrado por ter ficado de fora de três Copas, não só de uma”, admitiu o meia, em entrevista nessa quinta-feira à tarde em Santa Catarina, onde o grupo colorado faz uma intertemporada. “É difícil. Tinha esperança (de ser convocado)”, afirma.

D’Alessandro chegou a ser chamado por Sabella. Foi para um amistoso contra o Brasil, em 2012. Na época, ele pediu para não jogar, alegando lesão. Segunda a imprensa argentina, o fato teria desagradado o técnico, que retirou o capitão colorado dos seus planos a partir de então. “Queria ter sido convocado para um jogo amistoso. Queria mostrar, pois sei que não adianta só falar, teria que mostrar no campo. Queria ter tido esta chance para demonstrar que poderia estar no Mundial”, defende o jogador.

A Argentina joga as quartas de final da Copa contra a Bélgica amanhã, às 13h. Duas horas mais tarde, D’Ale entra em campo na Arena Joinville para ajudar o Inter a tentar vencer amistoso contra o time local. Quarta-feira, quando o time colorado perdeu para o Metropolitano, o capitão fez gol e foi expulso.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Inter, Esporte