Correio do Povo | Notícias | Inter faz 2 a 0 no Botafogo e se mantém no G4

Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 23 de Outubro de 2018

  • 14/09/2014
  • 17:56
  • Atualização: 18:57

Inter faz 2 a 0 no Botafogo e se mantém no G4

Alex e Eduardo Sasha marcaram os gols colorados no Beira-Rio

  • Comentários
  • Correio do Povo

Por Cristiano Munari

O Inter voltou a vencer após duas derrotas seguidas no Brasileirão. Na tarde deste domingo, o Colorado fez 2 a 0 no Botafogo no Beira-Rio e voltou ao G4 – havia sido ultrapassado pelo Fluminense, que venceu o Palmeiras no sábado. Os gols da partida foram marcados por Alex e Eduardo Sasha, um em cada tempo.

Com a vitória, o Inter quebra a sequência de três derrotas seguidas no Beira-Rio – contando Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana – e sobe para 37 pontos. O time gaúcho agora é o terceiro na tabela do Brasileirão, a nove pontos do líder Cruzeiro, que perdeu para o São Paulo no Morumbi. A equipe de Abel Braga volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h, quando enfrenta o Sport na Arena Pernambuco. O Botafogo segue com 22 pontos, apenas dois acima da zona de rebaixamento.

Defesa dá sustos, mas Alex alivia na frente

Vindo de duas derrotas seguidas, o Inter entrou em campo precisando de recuperação. O técnico Abel Braga fez algumas mudanças no time. A que mais chamou atenção foi Muriel no lugar de Dida no gol. Diogo e Alan Ruschel entraram nas laterais. Já no meio-campo, Wellington foi escalado como único volante com o retorno de Aránguiz à equipe.

O Colorado teve a iniciativa da partida desde os primeiros minutos, mas encontrou dificuldades para passar pela marcação do Botafogo, que criou boas chances nos contra-ataques. O Alvinegro levou perigo pela primeira vez logo aos 3 minutos. Diogo bateu contra o próprio gol após cruzamento e Muriel teve que dar um bico na bola para afastar o perigo.

O Inter finalizou pela primeira vez contra o gol de Jefferson aos 13 minutos, quando D’Alessandro recebeu de Alex e chutou, mas sem forças, para uma defesa tranquila do goleiro alvinegro. O time colorado seguiu em busca do ataque, mas dando espaços, sobretudo pelo lado do campo.

Aos 19, Diogo se posicionou mal e Wallyson saiu na cara de Muriel, que fechou o ângulo e a finalização do atacante se perdeu pela linha de fundo. O Botafogo chegou de novo cinco minutos após jogada nas costas de Alan Ruschel. Dessa vez foi Zeballos que saiu na frente de Muriel, mas também finalizou para fora.

O Botafogo ameaçou mais uma vez aos 27 quando Muriel salvou o Inter. Após cruzamento da direita, Wallyson recebeu livre e soltou a bomba, o goleiro colorado fez uma difícil defesa com a perna para manter o placar zerado.

A coisa não parecia boa para o Inter e logo depois Jorge Henrique sentiu dor muscular na coxa e teve de ser substituído. Eduardo Sasha entrou na equipe. A troca, porém, fez o Inter melhorar. Aos 34, Sasha recebeu passe de Wellington Paulista e, mesmo com pouco ângulo, bateu forte e obrigou Jefferson a fazer uma difícil defesa.

A melhora colorada nos minutos finais foi premiada aos 40 minutos. Alex, bem ao seu estilo, arriscou da entrada e acertou uma bomba que não deu chances para Jefferson: 1 a 0 Inter no Beira-Rio. No minuto final da primeira etapa, o Colorado ainda perdeu o goleiro Muriel, que sentiu lesão após bater um tiro de meta e saiu para a volta de Dida ao time.

Inter pressiona e faz o segundo

Os dois times voltaram sem mudanças para a segunda etapa. Mesmo com a vantagem, o Inter seguiu com a iniciativa da partida. Logo no primeiro minuto, Alan Ruschel fez a jogada e cruzou para Wellington Paulista, que cabeceou para fora.

Em busca do segundo gol, o Inter novamente levou perigo pelo lado esquerdo em bola que Alan Ruschel bateu cruzado. Em seguida, aos 13, Alex foi quem arriscou, a bola bateu na defesa do Botafogo e foi para a linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Alex encontrou Eduardo Sasha, que cabeceou para ampliar a vantagem colorada.

Logo depois do segundo gol colorado, o técnico do Botafogo, Vagner Mancini, fez uma mudança ofensiva no time. O atacante Ferreyra entrou no lugar do volante Rodrigo Souto. Apesar da alteração foi o Inter que seguiu levando perigo. Aos 18, Aránguiz fez boa jogada, mas finalizou mal. Em seguida, aos 25, D’Alessandro quase fez um golaço no Beira-Rio. Da entrada da área, o argentino bateu procurando o ângulo e mandou muito perto do gol.

O Botafogo foi chegar com perigo apenas aos 28 minutos. Yuri Mamute fez o cruzamento para Ferreyra, que iria marcar o gol, mas foi travado por Alan Ruschel. Em segida, D'Alessandro mostrou que não seria bom o Botafogo se abrir. Ele teve nova chance para marcar o terceiro aos 34, depois de receber o passe na entrada da área, o argentino cortou a marcação e bateu no canto. A bola explodiu na trave direita de Jefferson e se perdeu pela linha de fundo.

Aos 40 minutos, D’Alessandro, um dos melhores em campo, deixou o gramado para a entrada do garoto Bertotto. Foi bastante aplaudido, assim como o time colorado ao fim da partida, como já há um tempinho não ocorria no Beira-Rio.

Campeonato Brasileiro – 21ª rodada

Inter 2

Muriel (Dida); Diogo, Paulão, Ernando e Alan Ruschel; Wellington, Alex, D' Alessandro (Bertotto), Aránguiz e Jorge Henrique (Eduardo Sasha); Wellington Paulista. Técnico: Abel Braga

Botafogo 0

Jéfferson; Dankler, Bolívar, André Bahia, Júlio César; Gabriel, Rodrigo Souto (Ferreyra) e Ramírez; Rogério, Wallyson (Yuri Mamute) e Zeballos (Sidney). Técnico: Vágner Mancini

Gols: Alex (40min/1ºT); Eduardo Sasha (14min/2°T)

Cartões amarelos: Alan Ruschel (INT); Rogério, Bolívar, Sidney (BOT)

Árbitro: André de Castro

Auxiliares: Cristhian Sorence (GO) e Leone Rocha (GO)

Local: Beira-Rio

Bookmark and Share

     Ouça o áudio: Gols da partida