Correio do Povo | Notícias | Jornalistas do Brasil inteiro acompanhavam a Chapecoense

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 23 de Outubro de 2018

  • 29/11/2016
  • 15:09
  • Atualização: 19:27

Jornalistas do Brasil inteiro acompanhavam a Chapecoense

Avião com a delegação do time catarinense caiu na Colômbia vitimando mais de 70 pessoas

Avião com a delegação do time catarinense caiu na Colômbia vitimando mais de 70 pessoas | Foto: Twitter / Reprodução / CP

Avião com a delegação do time catarinense caiu na Colômbia vitimando mais de 70 pessoas | Foto: Twitter / Reprodução / CP

  • Comentários
  • Agência Brasil

O avião que levava a equipe da Chapecoense para disputar o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, em Medellín, na Colômbia, contra o Atlético Nacional, também transportava 22 profissionais de imprensa que fariam a transmissão e a cobertura do evento. Os jornalistas eram da TV Globo, da Fox Sports, da RBS, do site Globoesporte.com e de rádios de Santa Catarina.

• Tristeza e comoção na sede da Chapecoense

Leia mais sobre a tragédia com o avião da delegação da Chapecoense

De acordo com comunicado da Aeronáutica Civil da Colômbia (Aerocivil), entre esses profissionais, apenas o jornalista Rafael Hensel, Rádio Oeste Capital, de Chapecó, foi resgatado com vida e encaminhado ao hospital de La Ceja. De acordo com a lista oficial, 81 pessoas estavam a bordo e 76 morreram, segundo as autoridades colombianas.

Entre as vítimas, está o repórter Laion Espíndula (Globoesporte.com). Laion iniciou a carreira no jornal O SUL. Em seguida trabalhou como redator do site do Correio de Povo, de 2011 a 2014. Trabalhou no Globoesporte.com RS durante a Copa do Mundo. Depois, se transferiu para Chapecó onde assumiu a cobertura do time da Chapecoense e de Chapecó. Laion é formado pela faculdade de jornalismo da PUCRS (Famecos).

Outro jornalista entre as vítimas é Giovane Klein Victória, nascido em 9 de fevereiro de 1988. Sempre identificado com futebol, começou sua carreira na própria Universidade como repórter do Toque Esportivo, programa da TV UCPel. À época assinando suas reportagens como Giovane Victória, o jornalista ainda trabalhou nas emissoras TV Nativa, TV Pampa, Rádio Tupanci e pela comunicação da Embrapa Clima Temperado, todas em Pelotas. Fora da Princesa do Sul e do Estado, seguiu para a RBS TV de Chapecó. Em Santa Catarina, Klein atuou como setorista da Chapeconse. Ele se formou em Jornalismo pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel).

Outras vítimas

O repórter da TV Globo Guilherme Marques, que também trabalhou na TV Brasil e foi estagiário do Globoesporte.com. Guilherme cobria principalmente os clubes do Rio. Na Rio 2016, foi destacado para cobrir as partidas do vôlei de praia. Também estava no voo o narrador da Fox Sports e gerente da rádio CBN Grandes Lagos Deva Pascovicci. O locutor passou por veículos como a TV Manchete de São Paulo, onde narrava jogos de basquetebol e futebol e pelo canal SporTV, onde atuou até o final do ano de 2004. Em 2005 foi contratado pela Rede CBN, onde foi narrador até 2015.

O comentarista da Fox Sports Paulo Julio Clement, jornalista há 25 anos, já passou pelo Sistema Globo de Rádio, como diretor de esportes, e pelos principais jornais do Rio de Janeiro, como O Globo, como repórter, e Jornal do Brasil, onde foi editor de Esportes. Também trabalhou no Marca Brasil, como editor.

Também da Fox Sports, o comentarista Mario Sergio Pontes de Paiva, ex-jogador e ex-treinador, defendeu a Seleção Brasileira e atuou no Flamengo, Vitória, Fluminense, Botafogo, Internacional, São Paulo, Palmeiras, Grêmio, Ponte Preta, entre outros. Como jogador, ganhou o apelido de Vesgo pelo fato de olhar para um lado e dar o passe pelo outro, um jogador reconhecido por grande habilidade e criatividade.

Outro passageiro do voo, o repórter Victorino Chermont da Fox Sports passou também pela Rádio Globo e SporTV até 2012.

Manifestações

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), a Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgaram nota de pesar pela tragédia. A Federação Nacional das Empresas de Rádio e Televisão (Fenaert) também divulgou nota de pesar manifestando solidariedade às famílias e amigos das vítimas e lamentando a enorme perda para o futebol e a imprensa nacional.

Veja a lista dos profissionais de imprensa que estavam no voo:

Victorino Chermont (Fox Sports)

Rodrigo Gonçalves (Fox Sports)

Devair Paschoalon (Fox Sports)

Lilacio Júnior (Fox Sports)

Deva Pascovicci (Fox Sports)

Paulo Clement Mario Sergio Paiva Guilher Marques (TV Globo)

Ari Júnior (TV Globo)

Guilherme Laars (TV Globo)

Giovane Klein (RBS)

Bruno Silva (RBS)

Djalma Neto (RBS)

André Podiacki (RBS)

Laion Espíndula (Globoesporte.com)

Rafael Henzel

Renan Agnolin

Fernando Schardong

Edson Ebeliny

Gelson Galiotto

Douglas Dorneles

Jacir Biavatti