Correio do Povo | Notícias | Tevez lamenta final da Libertadores na Espanha: "Conmebol não pensou na torcida"

Porto Alegre

31ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

  • 06/12/2018
  • 19:23
  • Atualização: 19:25

Tevez lamenta final da Libertadores na Espanha: "Conmebol não pensou na torcida"

Atacante do Boca criticou decisão de tirar a partida da Argentina

Tevez criticou decisão da Conmebol de levar final para Madri | Foto: Gabriel Bouys / AFP / CP

Tevez criticou decisão da Conmebol de levar final para Madri | Foto: Gabriel Bouys / AFP / CP

  • Comentários
  • AE

Em Madri desde quarta-feira, o Boca Juniors tenta concentrar as suas atenções na finalíssima da Copa Libertadores neste domingo contra o River Plate, no estádio Santiago Bernabéu. Mas parte do elenco segue insatisfeita com a obrigação de decidir o importante título longe da América do Sul. É o caso de Carlitos Tevez, que demonstrou indignação nesta quinta.

"Eu sinto muito pelos torcedores, mas isso não é culpa dos jogadores. Foi a Conmebol que decidiu jogar a final da Libertadores sem pensar nos torcedores e nem nos jogadores", reclamou, o jogador que ainda lamentou a ausência de boa parte da torcida no jogo a ser disputado na capital espanhola.

Mesmo assim, as autoridades locais esperam contar com dezenas de milhares de argentinos no estádio do Real Madrid. "É importante poder contar com o apoio deles aqui. Sabemos que as coisas não está fáceis na Argentina", disse o experiente atacante, que deve ser reserva no fim de semana.

Apesar da indignação, Tevez pediu concentração ao Boca Juniors para o jogo decisivo - a partida de ida terminou em 2 a 2. "É importante ter a mente limpa e tentar focar o mais rápido possível naquilo que é o mais importante para nós agora: a final da Libertadores. O assunto das nossas conversas agora deve ser esta partida".

O volante Wilmar Barrios também cobrou atenção somente na partida, deixando em segundo plano a transferência da final para a Espanha. "Isso tudo está no passado. Vamos jogar uma partida muito importante, num grande estádio. Esperamos que possa ser um grande espetáculo", declarou o jogador do Boca Juniors.

Boca Juniors e River Plate vão decidir o título da Libertadores neste domingo, às 17h30 (de Brasília), por causa dos incidentes ocorridos antes da partida marcada inicialmente para o dia 24, no Monumental de Núñez. Poucas horas antes do início da partida, o ônibus do Boca foi apedrejado por torcedores do River e jogadores ficaram machucados, o que impediu a realização da partida decisiva. Dias depois, a Conmebol decidiu mandar o jogo fora da Argentina. O estádio Santiago Bernabéu, do Real Madrid, foi o escolhido, apesar da oposição dos dois finalistas.