Correio do Povo | Notícias | Palmeiras poderia pagar valor próximo da multa por Geromel

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 25 de Maio de 2018

  • 19/01/2018
  • 07:20
  • Atualização: 07:29

Palmeiras poderia pagar valor próximo da multa por Geromel

Preço, que não é confirmado pela diretoria do Grêmio, seria de R$ 60 milhões

Palmeiras poderia pagar valor próximo da multa por Geromel | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Flickr / Divulgação / CP

Palmeiras poderia pagar valor próximo da multa por Geromel | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Flickr / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Considerado o melhor zagueiro do Brasil, Pedro Geromel desperta a cobiça dos principais time do país. Mas apenas um parece ter condições financeiras de tirá-lo do Grêmio: o Palmeiras. De acordo com informações vindas de São Paulo, o Verdão estaria disposto a pagar cerca de R$ 47 milhões pelo defensor. A multa rescisória, que não tem o seu valor confirmado pela diretoria gremista, estaria na casa dos R$ 60 milhões.

O presidente Romildo Bolzan Jr. nega ter sido procurado por alguém do Palmeiras. O próprio Geromel já deu declarações de que está feliz no Tricolor e pretende continuar em Porto Alegre. Ele tem contrato até dezembro de 2019 e recebe um alto salário no Grêmio. Esse fator, inclusive, teria assustado a diretoria do Palmeiras.

“Conosco ninguém falou, em nenhuma esfera do Grêmio. Trata-se de um jogador estratégico para nós. O Geromel tem uma liderança técnica, moral, pessoal e intelectual muito importante”, diz o presidente Romildo. O Palmeiras negociou o colombiano Mina com o Barcelona e está em busca de um substituto. Mas terá de abrir o cofre para levar Geromel. A tendência, no momento, é que o zagueiro permaneça no Grêmio.

Bolzan também terá trabalho para contratar um centroavante até a decisão da Recopa Sul-Americana. A ideia é ter um camisa 9 de ofício para os dois jogos contra o Independiente. Em relação ao volante Arthur, o Barcelona arrefeceu o interesse, pelo menos nesta janela de transferências. “Tem algumas consultas pelo Arthur, o Barcelona é fato público. Mas nenhum clube formulou proposta. A margem de saída é muito pequena”, afirmou Bolzan.