Correio do Povo | Notícias | Jornal espanhol noticia acordo de Barcelona com Arthur para janeiro de 2019

Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 28 de Maio de 2018

  • 14/02/2018
  • 11:48
  • Atualização: 12:06

Jornal espanhol noticia acordo de Barcelona com Arthur para janeiro de 2019

Clube espanhol precisa definir compra dos 60% dos direitos do jogador junto ao Grêmio

Jornal espanhol noticia acordo de Barcelona com Arthur para janeiro de 2019  | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Flickr / Divulgação / CP

Jornal espanhol noticia acordo de Barcelona com Arthur para janeiro de 2019 | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Flickr / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O jornal espanhol Mundo Deportivo noticiou nesta quarta-feira o Barcelona teria chegado a um acordo para a contratação de Arthur, do Grêmio. De acordo com a publicação, o clube teria se acertado com o jogador e precisa ainda definir detalhes da transferência com o Tricolor, que detém 60% dos direitos. A liberação do volante ocorreria em janeiro de 2019.   

O Mundo Deportivo relata que as negociações começaram ainda em dezembro do ano passado, com o auxílio do empresário André Cury, representante do Barcelona na América do Sul. O jornal explica que as negociações com o Grêmio já estão bem encaminhadas. As tratativas ainda envolvem o empresário Celso Rigo, que tem 20% dos direitos de Arthur. 

Apesar das informações do periódico espanhol, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, que está na Argentina para acompanhar o jogo de ida da Recopa entre o time gaúcho e o Independiente, afirmou que não foi avisado da finalização da negociação.  

"Não nos avisaram que o Arthur está vendido. Eu vou levar em conta que isso é uma matéria jornalística, uma situação que possa ter surgido de fontes internas de lá. Existem avanços nas tratativas e um deles é que o Arthur ficará conosco em 2018, mas o Grêmio não finalizou a negociação. Nós não temos um valor definido para o Arthur. O Grêmio tem a sua proposta, mas não recebeu retorno. Vou deixar isso como uma especulação de imprensa", explicou.