Correio do Povo | Notícias | Everton evolui e vira referência no Grêmio

Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 20 de Julho de 2018

  • 12/04/2018
  • 08:38
  • Atualização: 08:44

Everton evolui e vira referência no Grêmio

Presidente Romildo Bolzan não pretende negociar atacante na próxima janela de transferências

Everton evolui e vira referência no Grêmio  | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Flickr / Divulgação / CP

Everton evolui e vira referência no Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Flickr / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Rafael Peruzzo

Quando Pedro Rocha foi negociado no ano passado com o Spartak, de Moscou, Everton surgiu como o principal candidato a assumir o lugar no time. Era o preferido da torcida, mas Renato optou por Fernandinho e o garoto formado na base do Grêmio teve de esperar. Este ano, Everton finalmente ganhou a sequência de jogos que almejava, foi somando boas atuações e hoje é titular incontestável da equipe. Há quem diga que o lado esquerdo ganhou ainda mais qualidade com a titularidade dele.

“Estou vivendo um momento diferente, me firmei, tive uma boa sequência e procurei aproveitar da melhor forma possível”, diz o atacante. A conquista do Gauchão foi incrementada com o prêmio de melhor jogador da competição. Com 22 anos completados em março, Everton começa a ser observado pelos grandes clubes da Europa. Mas a exemplo do que fez com Arthur, segurando o volante ao máximo na Arena, o presidente Romildo Bolzan Jr. não deverá negociá-lo na próxima janela de transferências, somente se aparecer algo extraordinário para o clube, uma proposta considerada irrecusável. O atacante, que ganhou protagonismo no time, é peça-chave no projeto de conquistar mais títulos em 2018.

“É um momento único ganhar um prêmio como esse (melhor jogador do Gauchão), ainda mais para um atleta novo como eu, isso conta muito. Creio que é o meu melhor momento na carreira. Os números são parecidos com os de anos anteriores, mas com uma sequência de jogos melhor”, destaca Everton, que este ano iniciou todos os jogos em que Renato Portaluppi utilizou o time principal.

A partir de sábado, ele disputará seu primeiro Campeonato Brasileiro como titular do Grêmio. “Nós temos um elenco forte, acredito que Cruzeiro, Palmeiras e Corinthians, este último pela continuidade e manutenção da base, também são favoritos ao título, na minha opinião”, completa o jogador.