Correio do Povo | Notícias | "Decisão de poupar é minha e será mantida no Brasileiro", diz Renato

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

  • 28/04/2018
  • 18:34
  • Atualização: 18:39

"Decisão de poupar é minha e será mantida no Brasileiro", diz Renato

Técnico garante Grêmio competitivo, mas projeta grupo reserva em mais jogos

Renato garante Grêmio competitivo, mas projeta grupo reserva em mais jogos | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação CP

Renato garante Grêmio competitivo, mas projeta grupo reserva em mais jogos | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O técnico Renato Portaluppi elogiou a equipe do Grêmio que perdeu para o Botafogo pela atuação competitiva neste sábado. Questionado várias vezes sobre o uso de um time quase todo reserva, o treinador chegou a levantar um pouco a voz e decretou. "Vou dizer pela última vez aqui: a decisão é minha e, em determinados jogos, o Grêmio vai atuar com essa equipe", frisou.

"Em algumas partidas do Brasileiro, não vai ser possível atuar com os titulares", reforçou Renato, justificando que tal escolha comprometeria o rendimento nas outras competições. "Se não mudar, aí não vai ser campeão de nada e vai ficar fora de tudo", afirmou.

O técnico reconheceu que, com o plantel transformado, o Tricolor teve desvantagem na partida. "O Botafogo levou vantagem sobre a gente por eles estarem com ritmo de jogo", comentou, antes de elogiar seu time. "O Grêmio enfrentou o campeão carioca de igual para igual. Tivemos situações de gol dos dois lados e infelizmente tomamos aquele gol no final", opinou.

Renato repetiu várias vezes, entretanto, que não vai abdicar do Brasileiro e que, em 2018, a história será diferente. "Se colocar a mesma equipe em campo, fica impossível ganhar a Copa do Brasil e a Libertadores", pregou. "Alguns jogos do Brasileiro no ano passado, o Grêmio teve que usar garotos da transição. Esse time que tinha hoje era uma equipe forte."

"Eu quero muito o Brasileiro, mas estamos na terceira rodada e tem gente projetando o fracasso", apontou o técnico. "O Grêmio vai de vento em popa, está bem demais e eu aplaudo o time que jogou hoje."