Correio do Povo | Notícias | Renato: “Foi um time de primeira divisão contra um de segunda”

Porto Alegre

14ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 19 de Agosto de 2018

  • 12/05/2018
  • 19:06
  • Atualização: 19:09

Renato: “Foi um time de primeira divisão contra um de segunda”

Técnico do Grêmio ironizou postura do Inter na Arena, no clássico deste sábado

Renato ironizou forma do Inter jogar contra o Grêmio na Arena | Foto: Mauro Schaefer

Renato ironizou forma do Inter jogar contra o Grêmio na Arena | Foto: Mauro Schaefer

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O técnico Renato Portaluppi não pisou no freio, ao comentar o 0 a 0 no Gre-Nal deste sábado, na Arena. Seguro das atuações de sua equipe, o treinador criticou em tom irônico a atuação do Inter na partida: “Foi um time de primeira divisão contra um time de segunda divisão”, definiu.

Não parou por aí. “Se eu fosse torcedor do Inter, não estaria nem um pouco satisfeito”, acrescentou o técnico do Grêmio, citando o que chamou de “ferrolho” colorado em frente a sua área defensiva. “Cada um tem sua maneira de colocar em campo. Eu fico surpreso, porque o Internacional é grande, mas eles têm todo o direito de jogar na maneira que quiserem.”

As frases de efeito também foram usadas para comentar sobre a atução do Grêmio. “Meu time sempre busca jogar e busca o gol, mas infelizmente hoje não deu”, disse ele, garantindo estar tranquilo e satisfeito com o rendimento da equipe e não deixando de fazer coro à direção quanto aos alegados pênaltis não marcados. “Estaria um pouco preocupado se a minha equipe não estivesse criando ou jogando bem.”

“Foi um Gre-Nal onde somente uma equipe jogou. Tentamos, mas não conseguimos furar o bloqueio. Quando furamos, o goleiro defendeu ou não tivemos as penalidades a nosso favor”, disse Renato, lembrando a partida contra o Atlético-PR, em que o Grêmio também empatou: “Contra o Atlético foi um massacre, hoje foi mais um. Mas o Grêmio não vai ganhar todos os jogos. O Grêmio vai tropeçar também”.

Os dois pontos perdidos em casa também foram minimizados por Renato. “Falei para o meu grupo que a gente precisa se manter no grupo da frente. O Campeonato Brasileiro é longo e difícil para todo mundo. O Grêmio tem outras duas competições. Tem gente que só disputa o Campeonato Brasileiro”, concluiu.


TAGS » Grêmio, Futebol, Gre-Nal