Correio do Povo | Notícias | Cambista vende ingresso para o Gre-Nal com ágio de 212%

Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

  • 07/09/2018
  • 19:03
  • Atualização: 23:28

Cambista vende ingresso para o Gre-Nal com ágio de 212%

Procon e Inter orientam torcedor a comprar entradas exclusivamente nos locais disponibilizados pelo clubes

Flagra ocorreu nas imediações do estádio Beira-Rio | Foto: Alexandre Lops / Inter / CP Memória

Flagra ocorreu nas imediações do estádio Beira-Rio | Foto: Alexandre Lops / Inter / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Com todos os ingressos vendidos e a expectativa de que o Beira-Rio receba 45 mil torcedores no Gre-Nal, parte dos torcedores vem recorrendo a cambistas para tentar acompanhar a partida, marcada para as 16h de domingo. Nesta sexta-feira, o repórter Cristiano Silva, da Rádio Guaíba, flagrou, nas imediações do Gigantinho, ambulantes vendendo ingressos a R$ 250, quando o valor real é de R$ 80. O ágio chega a 212%. Os bilhetes eram destinados à torcida do Inter e dariam acesso à arquibancada inferior.

“Está R$ 250 a inferior para a torcida do Inter, chefe. Os ingressos já vieram caros para nós e é difícil de pegar. A maioria está tudo na mão da torcida, eu consegui pegar apenas dez ingressinhos”, disse o cambista ao repórter.

Garantindo a autenticidade dos ingressos, o vendedor ilegal alertou o repórter de que um outro grupo de cambistas ofertava entradas falsas para os torcedores, nos arredores do Beira-Rio. “Tem uns caras de São Paulo, que estão vindo aí e estão vendendo a R$ 150, mas com os ingressos deles ninguém vai entrar porque é falso”, alertou ao jornalista.

Após ouvir a denúncia, o vice-presidente de Administração do Inter, Alessandro Barcellos, lamentou a venda ilegal de ingressos. “Infelizmente, isso acontece”, disse. O dirigente reprovou a compra de entradas de cambistas, mas assegurou que vai apurar o caso para minimizar o prejuízo aos torcedores. “Nossa rede de controle de acesso tem um conjunto de possibilidades para identificar ingressos falsos. Então, no acesso, isso pode ser detectado. Nós vamos investigar”, afirmou.

A diretora do Procon de Porto Alegre, Sophia Martini, adverte que o torcedor deve procurar os órgãos de segurança para coibir a prática ilegal. “Como está tipificado como crime, o consumidor deve recorrer à polícia. Quando há grandes eventos, temos que nos programar para comprar os ingressos nas bilheterias oficiais”, recomenda.

O Gre-Nal está marcado para domingo, às 16h. O Inter é líder com 46 pontos e saldo 17, um a mais que o São Paulo, segundo colocado. O Grêmio é o quinto com 41.