Correio do Povo | Notícias | Everton comenta gol perdido contra o River: "Não estava apto"

Porto Alegre

29ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 13 de Novembro de 2018

  • 08/11/2018
  • 17:56
  • Atualização: 18:03

Everton comenta gol perdido contra o River: "Não estava apto"

Atacante do Grêmio lamentou não ter chegado 100% fisicamente para jogo decisivo na Libertadores

Everton comentou gol perdido contra o River Plate | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Everton comentou gol perdido contra o River Plate | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O atacante Everton falou nesta quinta-feira pela primeira vez em entrevista sobre o gol que perdeu diante do River Plate quando o Grêmio vencia por 1 a 0 o jogo de volta da semifinal da Libertadores da América na Arena. O jogador afirmou que não estava 100% fisicamente e que entrou na partida mais para ganhar ritmo por conta da boa vantagem que o Tricolor tinha naquele momento.

"Eu fiquei chateado comigo mesmo porque sabia que eu não estava 100% naquela partida. O combinado com o professor Renato era que se tivesse meio decidido ele iria me utilizar e foi o que aconteceu. A gente fez 1 a 0 e abriu uma vantagem de dois gols. Eu entrei um pouco para ganhar o ritmo. Estava há três semanas sem treinar com o grupo e voltei direto para o jogo. Acho que faltou o ritmo de jogo. Fiquei chateado porque não estava 100%. Se tivesse, creio que teria sido diferente", afirmou o atacante.

Everton revelou ainda que não conseguiu dormir na noite após a partida, mas que agora tenta pensar apenas no futuro do Grêmio. "A gente tenta não pensar porque fica mais chateado ainda. Não consegui dormir na noite do jogo. Fiquei pensando e revendo o lance. Fiquei chateado porque poderia ter dado o meu melhor. Não estava apto para fazer aquilo, mas creio que é passado. Temos de levantar a cabeça", projetou o jogador.

Após a eliminação para o River Plate, o objetivo do Grêmio é terminar o Campeonato Brasileiro dentro do G4 para garantir uma vaga na fase de grupos da Libertadores do próximo ano. O Tricolor atualmente é o quinto colocado no Brasileirão, com 55 pontos - dois atrás do quarto colocado, o São Paulo.