Correio do Povo | Notícias | Maicon torce por "fico" de Renato e manutenção do grupo do Grêmio

Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de Novembro de 2018

  • 09/11/2018
  • 16:29
  • Atualização: 17:06

Maicon torce por "fico" de Renato e manutenção do grupo do Grêmio

Capitão tricolor faz avaliação positiva da temporada

Capitão tricolor faz avaliação positiva da temporada | Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA / Divulgação / CP

Capitão tricolor faz avaliação positiva da temporada | Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O Grêmio vive o final de temporada, época em que renovações e novas contratações começam a ser definidas. No caso gremista, um dos principais negócios diz respeito à continuidade de Renato Portaluppi na Arena. O presidente Romildo Bolzan já fez o contato inicial com o treinador, mas as tratativas ainda não foram encerradas. O capitão Maicon disse nesta sexta-feira que quer a permanência do comandante pelo histórico vencedor e pelo trabalho que vem desenvolvendo desde 2016.

"É sempre importante. Ele vem fazendo um trabalho muito bom. É importante seguir com isso. A gente sabe que envolve outras coisas, mas esperamos que fiquem os jogadores e que fique também o treinador", disse Maicon.

A avaliação do volante da temporada gremista é positiva, mesmo com a eliminação nas semifinais da Libertadores para o River Plate. "Quando você termina o ano conquistando, como foi em 2017, fica na memória. Mas a temporada tem sido boa porque estamos desde 2016 conquistando títulos. Temos mais seis jogos agora e podemos terminar o Brasileirão bem. Certamente jogaremos todas as competições novamente. Agora é aprender com os erros que cometemos. Na minha avaliação, a temporada tem sido muito boa e pode terminar de uma maneira ainda melhor", projetou.

Maicon não quis falar sobre a punição do técnico do River Plate, Marcelo Gallardo, e apenas mencionou o sentimento que tomou conta do vestiário após a eliminação. "Não cabe a mim falar sobre isso. O presidente e a diretoria fizeram tudo que podiam. No primeiro jogo fomos muito bem, mas no segundo nós cometemos falhas e não conseguimos. Foi uma frustração para nós e para o nosso torcedor. Queríamos ir para a final e tínhamos potencial para conquistar a taça. É uma derrota que vamos ficar remoendo por bastante tempo, mas temos que seguir firmes pois temos mais seis jogos do Brasileirão", salientou.