Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 25 de Novembro de 2017

  • 05/09/2017
  • 23:00
  • Atualização: 23:04

Conselho Deliberativo do Inter cria comissão para analisar relatório da Ernst & Young

Due dillegence foi apresentado aos conselheiros indicando "risco alto de fraude"

Due dillegence foi apresentado aos conselheiros indicando

Due dillegence foi apresentado aos conselheiros indicando "risco alto de fraude" | Foto: Ricardo Giusti

  • Comentários
  • Fabrício Falkowski

O Conselho Deliberativo do Inter resolveu formar uma comissão especial para analisar as conclusões da due diligence e para dar oportunidade aos integrantes da antiga administração do clube explicarem aspectos levantados pela auditoria. O grupo de conselheiros tem 30 dias para finalizar o trabalho. José Alfredo Amarante, que concorreu à presidência do clube na última eleição e foi derrotado ainda no primeiro turno, será o presidente da comissão, que tem integrantes dos principais movimentos políticos do clube.

Na noite desta terça-feira, o relatório da due diligence foi apresentado aos conselheiros em reunião do Conselho Deliberativo. Nem o presidente Vitorio Píffero, nem os principais dirigentes da gestão passada, que foi alvo do estudo da Ernst & Young, compareceram ao encontro, que ocorreu no Beira-Rio.

Os auditores, por exemplo, apontaram o "risco alto de fraude" na contratação de serviços, principalmente de obras. Também relataram a existência de notas fiscais seriadas, que justificariam gastos, e adiantamentos de vários milhões de reais de "forma descontrolada" e "fora do usual".

O integrantes da gestão passada, principalmente o ex-presidente Piffero, serão chamados para dar explicações. Foram apontados gastos excessivos com cinco empresas de construção civil, sem que tenham sido encontrados as obras que justificariam tais investimentos.


TAGS » Futebol, Inter