Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

  • 12/09/2017
  • 08:17
  • Atualização: 08:36

Perda da liderança traz sinais de alerta no Beira-Rio

Derrota não chega a tumultuar ambiente, mas mostra aspectos em que o time precisa melhorar

Volante Edenilson diz que o objetivo do Inter não é a liderança da Série B, mas a permanência entre os quatro primeiros | Foto: Ricardo Duarte / Divulgação / CP

Volante Edenilson diz que o objetivo do Inter não é a liderança da Série B, mas a permanência entre os quatro primeiros | Foto: Ricardo Duarte / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Fabrício Falkowski

A perda da liderança, com a derrota para o Juventude, no sábado, não chegou a abalar o ambiente colorado. Pelo contrário. A rotina seguiu tranquila, exatamente como era nos dias em que o Inter acumulou uma sequência de seis vitórias consecutivas na Série B. Mas alguns sinais de queda no rendimento são perceptíveis e estão sendo levados em consideração na preparação para a partida contra o Figueirense, sábado, no Beira-Rio.

O Inter não ganha há duas partidas — Juventude, pela Série B, e Atlético-MG, pela Primeira Liga. Além disso, sofreu cinco gols nos últimos três jogos, média muito maior do que já foi há poucas semanas. “Temos que focar no nosso trabalho, sem pensar muito nos outros. Se fizermos isso, vamos conquistar o nosso objetivo”, enfatizou o volante Edenilson, na segunda-feira à tarde.

Ele admite que o time não se preocupa tanto com a liderança da Série B, já que a meta principal é a ascensão para a primeira divisão. “O nosso principal objetivo é subir. A liderança é um plus, um prêmio pelas nossas boas atuações. O principal, porém, é continuar entre os quatro primeiros para subir para a primeira divisão”, argumenta.

A semana começou com notícias positivas para Guto Ferreira. A principal é a volta de D’Alessandro, que na segunda treinou normalmente, dando sinais de que estará plenamente recuperado de uma lesão muscular e jogará contra o Figueirense. O zagueiro Danilo Silva, igualmente recuperado de lesão, também deve ficar à disposição. Rodrigo Dourado, que cumpriu suspensão na rodada passada, é mais um reforço para o treinador.

Assim, tudo indica que, com exceção de Klaus, o Inter terá a formação ideal na próxima rodada. “Estamos trabalhando pelo objetivo. A derrota tirou a sequência muito boa de vitórias que tínhamos. Mas temos que continuar trabalhando com humildade”, finaliza Edenilson.