Correio do Povo | Notícias | Saci é expulso por juiz no jogo do time feminino do Inter

Porto Alegre

12ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 21 de Agosto de 2018

  • 16/05/2018
  • 21:42
  • Atualização: 16:20

Saci é expulso por juiz no jogo do time feminino do Inter

Gurias coloradas perderam apoio do mascote, mas derrotaram o América-MG pelo Campeonato Brasileiro da Série A2

Inter venceu o América-MG, na PUCRS | Foto: Twitter Inter / CP

Inter venceu o América-MG, na PUCRS | Foto: Twitter Inter / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O Inter terminou a partida contra o América-MG pelo Campeonato Brasileiro da Série A2, na noite desta quarta-feira, no Complexo Esportivo da PUCRS, com as 11 jogadoras em campo, mas com um desfalque considerável fora de campo: o Saci. Ao menos, o desfalque não refletiu no placar, que – em meio a um jogo com final emocionante – foi favorável às coloradas, que ganharam por 3 a 2 e lideram o grupo 14, com dez pontos.

Bem antes do apito final, em meio ao primeiro tempo, o árbitro Lucas Guimarães Rechatiko Horn, interrompeu o jogo. Uma das auxiliares da técnica Tatiele Silveira então foi até a arquibancada em busca do diretor de futebol feminino. “Ele está pedindo para tirar o Saci. Disse que ele está 'incendiando' a partida”, avisou.

Apesar da perplexidade do pedido, ele foi atendido e o mascote do Inter, que estava posicionado sozinho atrás do gol da equipe mineira, saiu de campo. Dali, foi direto para as arquibancadas. “Eles me tiraram porque estou incendiando? Agora é que vou incendiar então”, provocou, antes de sair em disparada para o meio dos torcedores puxando gritos de guerra. No intervalo, a torcida reclamou da expulsão do mascote por parte de Horn: “Respeita o saci!”, esbravejava uma torcedora.

Vitória no fim

No campo, as coloradas precisaram suar para alcançar a vitória. Depois de sair perdendo com um gol aos 9, o Inter empatou aos 40, com Daiane Moretti, aproveitando cruzamento de Karina. A virada veio no segundo tempo, com a zagueira Sorriso. No fim, o América deixou tudo igual aos 39. Só que o Inter tinha Sorriso. A zagueira marcou de novo aos 43 e deu números finais ao placar: 3 a 2.