Correio do Povo | Notícias | Inter pagará clube grego para antecipar apresentação de Rodrigo Moledo

Porto Alegre

14ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 20 de Maio de 2018

  • 06/02/2018
  • 11:16
  • Atualização: 11:21

Inter pagará clube grego para antecipar apresentação de Rodrigo Moledo

Expectativa da direção é que zagueiro assine a rescisão nos próximos dias

Pelo Panathinaikos, da Grécia, Moledo atuou 37 vezes e marcou três gols | Foto: Panathinaikos / divulgação / CP

Pelo Panathinaikos, da Grécia, Moledo atuou 37 vezes e marcou três gols | Foto: Panathinaikos / divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O Inter acertou com o Panathinaikos, da Grécia, a transferência imediata do zagueiro Rodrigo Moledo, 30 anos. Inicialmente, o Colorado iria aguardar até julho, quando acaba o vínculo com os gregos, mas a direção acertou a antecipação e desembolsará um valor para ter o defensor. A quantia não foi revelada.

Como revelou o vice de futebol, Roberto Melo, após a vitória sobre o Avenida, o jogador chegou a Porto Alegre ainda nos primeiros dias de fevereiro e a negociação pode ser concretizada. Falta apenas a assinatura do acordo para ela ser confirmada. Como o próprio dirigente revelou recentemente, o temor é que os gregos mudem de opinião ou exijam itens que não estavam acertados.

"O Moledo tem uma situação que muda muito rapidamente. Vamos ver se as coisas se encaminham essa semana. Ele deve estar chegando a Porto Alegre e vamos ver se conseguimos definir isso. Falta algum detalhe com o clube grego", disse Melo na última quarta-feira.

Moledo treina fisicamente no Inter e deve ser confirmado nos próximos dias. Com o defensor, a direção do Colorado colocou à disposição do técnico Odair Hellmann os seguintes zagueiros: Klaus, Cuesta, Danilo Silva, Thales e Rodrigo Moledo. Ernando também está no elenco, mas não faz parte dos planos.

O carioca iniciou a carreira em 2007 no Camboriú e, no ano seguinte, se transferiu para o União Rondonópolis. Em 2009, o Inter tentou a sua contratação, mas o negócio não evoluiu e ele foi para a Polônia atuar pelo Odra Vodzislaw. Ao retornar ao clube de Rondonópolis, sofreu nova investida do Colorado e acabou sendo transferido. Inicialmente, atuou na equipe B, teve bom desempenho e foi integrado ao grupo principal, tendo as primeiras oportunidades no Brasileirão 2010.

Nas três temporadas no Inter, atuou 45 vezes e marcou três gols. Acabou negociado com o Metalist, da Ucrânia, onde ficou entre 2013 e 2015. Depois da passagem pelo futebol ucraniano retornou ao Inter, mas não chegou a atuar, sendo negociado com os gregos. No Panathinaikos, entrou 37 vezes e marcou três gols.