Correio do Povo | Notícias | Pottker pede Inter atento contra o Paraná

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 18 de Setembro de 2018

  • 17/08/2018
  • 08:23
  • Atualização: 08:38

Pottker pede Inter atento contra o Paraná

Jogador ainda lembrou das lições apreendidas no passado para duelo de domingo

Pottker pede Inter atento contra o Paraná  | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

Pottker pede Inter atento contra o Paraná | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Foram as dificuldades da Série B que forjaram o atual Inter. Jogos muito complicados, em campos nem sempre com as melhores condições, influenciaram na formação do time colorado que, apenas um ano mais tarde, briga pela liderança do Campeonato Brasileiro. A contar pelo discurso que William Pottker fez nessa quinta-feira no CT Parque Gigante, as lições foram bem aprendidas e, inclusive, serão usadas na preparação para o jogo contra o Paraná, neste domingo, no Beira-Rio.

Citando também o tropeço diante do América (derrota por 2 a 1, que encerrou uma invencibilidade de dez partidas, no final de julho), Pottker pregou respeito ao Paraná e lembrou de um jogo emblemático da campanha na Série B: um Inter x Vila Nova, em novembro passado, que poderia entrar para a história como o jogo que devolveu o time à Primeira Divisão, mas ficou marcado por protestos da torcida e pela queda do então técnico Guto Ferreira.

“Não gosto nem de lembrar, mas no ano passado tivemos uma situação de desconcentração contra o Vila Nova, exatamente quando garantiríamos a volta à Série A. Parecia um jogo fácil, com o Beira-Rio lotado, mas empatamos em casa e demoramos para nos garantir. Temos que respeitar muito o Paraná”, prega o atacante.

Pottker sabe que o estádio estará mais uma vez lotado. Ontem à tarde, os ingressos para praticamente todos os setores do Beira-Rio haviam sido reservados ou vendidos. Disponíveis, somente lugares nos sky boxes - hoje chamado de camarotes superiores. Por isso, a expectativa dos dirigentes é de contar com a presença de pelo menos 40 mil colorados no estádio, que será o maior público da temporada.

Em campo, a preparação da equipe se intensificou ontem. Ainda sem Paolo Guerrero - que já foi anunciado e até ganhou condição legal de jogo (seu nome foi publicado ontem no BID), mas resolve problemas particulares fora de Porto Alegre -, Odair Hellmann mostrou a formação que deverá mandar a campo. No treino pela manhã no CT Parque Gigante, ele mais uma vez não contou com Zeca, lesionado. Fabiano segue no seu lugar. Na defesa, Victor Cuesta, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, dá lugar a Emerson Santos.