Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 23 de Setembro de 2017

  • 13/09/2017
  • 18:26
  • Atualização: 18:32

Com gol de Gabriel Jesus, Manchester City goleia na Holanda

Time venceu por 4 a 0 pela primeira rodada do grupo F da Liga dos Campeões

Gabriel Jesus marcou em goleada do City | Foto: John Thys / AFP / CP

Gabriel Jesus marcou em goleada do City | Foto: John Thys / AFP / CP

  • Comentários
  • AE

O Manchester City foi impiedoso em sua estreia na Liga dos Campeões da Europa. Nesta quarta-feira, o clube da Inglaterra comandado pelo técnico espanhol Pep Guardiola ignorou a festa feita pelo Feyenoord em seu estádio De Kuip, em Roterdã, na Holanda, pela volta à competição a e goleou por 4 a 0, pela primeira rodada do Grupo F. O atacante brasileiro Gabriel Jesus, ex-Palmeiras, fez um.

No outro jogo da chave, o Shakhtar Donetsk derrotou o Napoli por 2 a 1, no Metalist Stadion, em Kharkiv, na Ucrânia - o time não pode jogar em sua cidade por causa de uma guerra civil na região da Crimeia -, com um gol de outro atacante brasileiro presente nas convocações do técnico Tite para a seleção: Taison, ex-Internacional.

Com três pontos cada, Manchester City e Shakhtar Donetsk lideram o grupo e farão um confronto direto na segunda rodada, no próximo dia 26, no Ettihad Stadium, em Manchester, na Inglaterra. No mesmo dia, Napoli e Feyenoord buscarão a reabilitação e os primeiros pontos no duelo que será realizado no estádio San Paolo, em Nápoles, na Itália.

Na Holanda, o Manchester City foi arrasador e acabou com a festa e a empolgação dos torcedores do Feyenoord com três gols em 25 minutos. O primeiro saiu logo aos 2 com Stones, de cabeça. Aos 10, o centroavante argentino Sergio "Kun" Agüero fez o seu e, aos 25, Gabriel Jesus aproveitou um rebote dado pelo goleiro Bradley Jones e, livre dentro da área, só teve o trabalho de mandar a bola para as redes.

Com a larga vantagem no placar, a intensidade da partida diminuiu com o toque de bola mais cadenciado do Manchester City, que mostrou eficiência em seu setor defensivo e não permitiu qualquer reação do Feyenoord. Na segunda etapa, a goleada foi sacramentada novamente com Stones, aos 18 minutos, em outra cabeçada após cruzamento do belga De Bruyne.