Correio do Povo | Notícias | Nadal conquista Masters 1000 de Monte Carlo pela 11ª vez

Porto Alegre

15ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 14 de Agosto de 2018

  • 22/04/2018
  • 12:22
  • Atualização: 12:23

Nadal conquista Masters 1000 de Monte Carlo pela 11ª vez

Espanhol venceu o japonês Kei Nishikori neste domingo

Nadal conquista Masters 1000 de Monte Carlo pela 11ª vez | Foto: Yann Coatsaliou / AFP / CP

Nadal conquista Masters 1000 de Monte Carlo pela 11ª vez | Foto: Yann Coatsaliou / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O espanhol Rafael Nadal, número 1 do mundo do tênis, conquistou pela 11ª vez o Masters 1000 de Monte Carlo ao dominar o japonês Kei Nishikori em dois sets, 6-3, 6-2, neste domingo. Após boas exibições na Copa Davis em início de abril, o espanhol de 31 anos voltou ao circuito ATP no Principado, três meses depois de abandonar a partida de quartas de final do Aberto da Austrália em janeiro. O título, o 76º de sua carreira e seu 31º da categoria Masters 1000 - novo recorde -, mantém Nadal no topo do ranking.

Nadal havia se sagrado campeão em Monte Carlo de maneira continua entre 2005 e 2012, e depois em 2016 e 2017. Somente um tenista foi capaz de derrotá-lo na final do torneio monegasco: o sérvio Novak Djokovic em 2013. "A cada ano é um sentimento diferente. Hoje, é uma ótima notícia para mim, porque estou voltando de lesão. É ótimo para minha confiança. Foi uma bela semana", comentou Nadal após a partida à emissora Canal+.

Na vitória sobre Nishikori, Nadal chegou a 36 sets seguidos vencidos em torneios disputados no saibro, uma série invicta que começou após a derrota em Roma para o austríaco Dominic Thiem, no ano passado. Já Nishikori, 28 anos, foi derrotado na final de um Masters 1000 pela quarta vez na carreira.

Apesar da derrota, Nishikori, ex-número 4 do mundo, está vivendo sua melhor semana desde que voltou ao circuito há dois meses, depois de se recuperar de uma lesão no punho direito que o obrigou a se afastar das quadras por cinco meses, entre agosto de 2017 e janeiro deste ano. Atual número 36 do mundo, ele dará um salto na classificação e se aproximará do Top 20 do ranking ATP divulgado na segunda-feira.