Correio do Povo | Notícias | Casa autossustentável abastecida por energia solar é uma das novidades desta Expointer

Porto Alegre

27ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de Novembro de 2018

  • 24/08/2018
  • 08:25
  • Atualização: 09:06

Casa autossustentável abastecida por energia solar é uma das novidades desta Expointer

Emater irá inaugurar instalações no parque e mantém tradição de promover programação durante o evento

Construção é abastecida por energia sola | Foto: Mauro Schafer

Construção é abastecida por energia sola | Foto: Mauro Schafer

  • Comentários
  • Correio do Povo

Uma das grandes novidades da Expointer deste ano é a inauguração da Casa Institucional da Emater dentro do Parque de Exposições Assis Brasil, prevista para o dia 29. Construída em parceria com o Banrisul, com investimento de R$ 390 mil, a edificação é qualificada como autossustentável, por usar energia solar. Também são características externamente visíveis as paredes de tijolo a vista e o telhado verde.

A casa tem 207 metros quadrados e diversos ambientes, como área de recepção, copa, gabinete e salas de administração e reuniões. Durante a Expointer serão realizados pelo menos 13 eventos no local, por onde passarão em torno de 600 visitantes. Entre as atividades agendadas estão a estreia do hotsite Turismo Rural (dia 27), apresentação do Levantamento da Juventude Rural e Sucessão (29) e lançamento do Livro da Agroindústria Familiar (30).

Além das novas instalações, a Emater mantém uma programação diversificada no terreno de 1,4 hectare que ocupa ao lado do Pavilhão da Agricultura Familiar. Com base no tema Gestão e Sustentabilidade na Agricultura, a instituição apresentará as ações que desenvolve no Rio Grande do Sul voltadas à biodiversidade, bovinocultura de leite, criação de abelhas com e sem ferrão, cooperativismo, aproveitamento integral de alimentos, crédito rural, energia fotovoltaica, fruticultura, gestão ambiental, olericultura, pecuária familiar, piscicultura, públicos tradicionais, saneamento básico, secagem e armazenagem, solos e turismo rural.

Segundo o gerente regional da Emater-Ascar em Porto Alegre e coordenador do espaço institucional na Expointer, Ademir Santin, a idéia é mostrar a área como uma referência. Nela os visitantes poderão aprender a produzir com tecnologia e sustentabilidade e adquirir conhecimento na área ambiental que levarão para suas atividades diárias no campo.

As demonstrações também tratarão do cultivo em ambiente protegido e da diminuição do uso de agrotóxico. “É possível aumentar a produção com menos aplicação de defensivos e diminuir a penosidade na vida agrícola”, assinala.

Visando a atender todas as necessidades dos agricultores visitantes da feira, a Emater irá disponibilizar informações sobre crédito rural, financiamentos agropecuários e políticas públicas. “Trabalhamos o social e o econômico junto. A organização e o cooperativismo ao mesmo tempo. Na Expointer, o trabalho da Emater será representado resumidamente. As temáticas das oficinas são demonstrações de práticas do nosso trabalho”, explica Santin.