Correio do Povo | Notícias | Cães de pastoreio desenvolvem importante trabalho no manejo de bovinos e ovinos

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

  • 31/08/2018
  • 17:11
  • Atualização: 17:39

Cães de pastoreio desenvolvem importante trabalho no manejo de bovinos e ovinos

Raças de boiadeiros e ovelheiros foram destaque na Expointer

Cães de pastoreio desenvolvem importante no manejo de bovinos e ovinos | Foto: DiThábia O. H. Padoin/ Sovergs/ Divulgação / CP

Cães de pastoreio desenvolvem importante no manejo de bovinos e ovinos | Foto: DiThábia O. H. Padoin/ Sovergs/ Divulgação / CP

  • Comentários
  • Luciamem Winck

Cães de Trabalho: o Braço Direito do Homem do Campo foi o tema abordado nesta sexta-feira pelo médico veterinário e adestrador Luiz Antônio Scotti na Expointer. No evento, realizado na Casa dos Veterinários, ele destacou a importância do cão no desenvolvimento e manejo de animais e produção. Segundo ele, desde o princípio da criação de gado no Rio Grande do Sul a presença do cachorro é marcante. "As raças de boiadeiros e ovelheiros desenvolvem um papel importante no manejo destas espécies", frisou. Scotti ainda informou que 90% dos problemas comportamentais estão associados à ansiedade da separação e agressividade. "O médico-veterinário precisa colocar o adestramento em prática no seu dia a dia", acrescentou. Por outro lado, afirmou que o Border Collie - apontado como sendo o mais inteligente do mundo - é de longe o mais conhecido no meio rural.

Scotti ainda salientou que cada raça tem uma aptidão diferente. O Bulldog Campeiro, por exemplo, não desenvolve trabalhos com ovelhas. "Os cães de pastoreio surgiram em 1800, mas foi em 1880 que as principais raças foram registradas. Em 1980 chegaram na América. Mas foi em 1990 que o Border Collie chegou no Brasil", explicou. Segundo ele, o Border é excelente para o pastoreio, de fácil adestramento e apto ao desenvolvimento de tarefas de alta complexidade com rapidez. Agrupa e conduz o grupo de maneira calma e disciplinada. “É capaz de tomar decisões ou obedecer a comandos específicos, perto ou longe do dono".

No entanto, é importante saber a origem do animal e checar se a genética é propícia para o trabalho. A única certeza, em se tratando de cães de trabalho, é que eles agrupam, conduzem e não brincam em serviço. Os cães de pastoreio têm se popularizado entre donos de rebanhos, já que são determinados, fiéis e inteligentes. Algumas raças chegam a liderar as atividades recebendo coordenadas à distância, por meio de apitos, e podem controlar grupos de bovinos e ovinos. Alguns exemplares das raças ainda podem ser vistos neste final de semana no Parque de Exposições Assis Brasil. Os cães chamam a atenção pela docilidade.