Porto Alegre

14ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 23 de Julho de 2017

Jornal > Do Leitor

ANO 115 Nº 114 - PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2010

DO LEITOR

Catástrofe

A colonização malsã e a ditadura impiedosa tinham de ser banidas da história dos povos. Veja-se o caso Haiti, assolado agora por tantas desgraças, país que nunca evoluiu e onde a população permaneceu sempre pobre, analfabeta e explorada.
George Teixeira Giorgis, Bagé

Zilda Arns

A cruz e o Cristo ficaram intactos em meio a tanta destruição no Haiti. Certamente para anunciarem ao mundo que, entre aqueles destroços, pobreza e miséria, morreu uma filha Sua, muito querida. Entre destroços, pobreza e miséria nos quais Cristo sempre a colocou para que implantasse o seu reino de amor. Nós, brasileiros, podemos nos orgulhar de termos a nossa madre Tereza de Calcutá na sorridente Zilda Arns. Saudade.
Paulo Laureano Brasil, Porto Alegre

Superlotação

Todos devemos ser solidários quando acontecem desastres como este do Haiti. Só acho estranho que o Grupo Hospitalar Conceição queira mandar cem pessoas entre médicos e enfermeiros, quando está com superlotação de doentes esperando por horas ou até dias para serem atendidos. Quer dizer que esses brasileiros podem esperar e até podem morrer. Isto é falta de respeito, de humanidade. Acho que a direção do estabelecimento deveria rever seus valores.
Vera Regina B. Lemos, Porto Alegre

Ambulâncias

Tem sido grande o envolvimento de ambulâncias e de micro-ônibus municipais em acidentes. Os motoristas são despreparados ou outro problema está influenciando nas causas dos acidentes. Algo precisa ser feito para mudar esta triste estatística.
Mauro Hoffmann, Santiago

Voto

O dia em que o eleitor fizer uso da maior arma que tem nas mãos, a coisa muda. Eleitor, preste atenção nas manobras que estão ocorrendo na calada da noite em Brasília. Os trabalhadores estão sendo "assaltados" por políticos corruptos que estão tirando todos os direitos deixados por aquele que foi o maior defensor do trabalhador brasileiro, Getúlio Vargas. Votar bem é a arma do trabalhador. Só, assim, eliminaremos os privilegiados.
Carlos A. D. Flain, Porto Alegre

Flanelinhas

Apesar da lei municipal que regularizou os flanelinhas, muitos irregulares continuam achacando os motoristas, como na rua Barão do Triunfo, no bairro Azenha. Lá, eles agem livremente no assédio aos donos de carro.
Odilon Sater de Melo, Porto Alegre

doleitor@correiodopovo.com.br
Redator responsável: Renato Panattieri

Os artigos publicados com assinatura nesta página não traduzem necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. As cartas para o Correio do Leitor, com assinatura, endereço, número da identidade e telefone de contato para confirmação deverão ser enviadas para a Diretoria de Redação do Correio do Povo, na Rua Caldas Júnior, 219, CEP 90019-900. Por razões de clareza ou espaço, as cartas poderão ser publicadas resumidamente.