Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Jornal > Rural

ANO 115 Nº 216 - PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 4 DE MAIO DE 2010

Soja transgênica brasileira chega ao mercado em 2011

 Dissinger (D) garante que regiões mais frias como o RS terão cultivares adaptadas | Foto:  arthur calazans / divulgação / cp

Dissinger (D) garante que regiões mais frias como o RS terão cultivares adaptadas | Foto: arthur calazans / divulgação / cp

Dissinger (D) garante que regiões mais frias como o RS terão cultivares adaptadas
Crédito: arthur calazans / divulgação / cp

THAÍSE TEIXEIRA | tteixeira@correiodopovo.com.br

A primeira variedade de soja transgênica desenvolvida no Brasil, a Cultivance, deverá chegar ao mercado em setembro do ano que vem. Segundo o vice-presidente de Proteção de Cultivos da Basf para a América Latina, Walter Dissinger, a comercialização das sementes depende da aprovação da China e da Europa para uso em ração animal, processo em andamento. "O produtor terá de pagar os royalties pela tecnologia e o pacote de herbicidas", explicou. Com a venda do grão, a empresa projeta atingir 10% de participação no mercado brasileiro e latino-americano, e, em cinco anos, alcançar 20%. A pesquisa integra uma leva de investimentos programados pela Basf para a América Latina, na qual também está incluída a projeção de lançamento de uma cultivar para cana-de-açúcar 25% mais produtiva e tolerante à seca. Com o estudo e a liberação, a Basf prevê que dobre a área cultivada com a gramínea hoje no Brasil. "Nos próximos dez anos, deveremos saltar de 7 milhões de hectares cultivados com cana no Brasil para 14 milhões de ha", disse o presidente da Basf Plant Science, Peter Eckes. Para as regiões mais frias como o Rio Grande do Sul, haverá adaptações às cultivares.