Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Jornal > Ensino

ANO 115 Nº 231 - PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2010

Estúdio móvel percorre periferias

 Ônibus Gravaêh! possui equipamentos para gravação, palco, biblioteca e filmoteca | Foto:  DIVULGAÇÃO / CP

Ônibus Gravaêh! possui equipamentos para gravação, palco, biblioteca e filmoteca | Foto: DIVULGAÇÃO / CP

Ônibus Gravaêh! possui equipamentos para gravação, palco, biblioteca e filmoteca
Crédito: DIVULGAÇÃO / CP



A oportunidade de gravar um CD é a chance que muitos talentos musicais precisam para alcançar o sucesso. O acesso a estúdios profissionais e gravadoras é, geralmente, o maior obstáculo de artistas independentes. Assim, uma iniciativa da ONG Cirandar - que já atua no incentivo à literatura e leitura escolar - pretende mudar essa realidade, ao levar um estúdio móvel a periferias da Capital e da região Metropolitana. A ideia é oferecer a oportunidade de divulgação musical na própria comunidade.

Batizado de "Gravaêh!", o estúdio móvel teve a sua turnê experimental em Canoas e, hoje, as oito bandas selecionadas devem encerrar a gravação de seu primeiro CD. Por meio de patrocinadores, a ONG conseguiu transformar um ônibus em estúdio móvel de alta tecnologia.

"A turnê experimental em Canoas funcionou muito bem. O pessoal está bem curioso e gostando bastante da proposta", afirma a produtora musical do projeto, Marcela Marco. Ao final das gravações, serão entregues 30 unidades de CDs, sem custo, para as bandas divulgarem seu trabalho. A produtora explica que a ONG Cirandar visa promover a formação de uma rede de culturas locais. A entidade já monta bibliotecas em periferias, levando até locais, como escolas, contadores de histórias e escritores. Nessa perspectiva, o estúdio móvel musical também já foi dotado de biblioteca e filmoteca, para consultas e leituras.

A previsão de próxima parada do Gravaêh! é o município de Alvorada. "Queremos fazer a relação do projeto com as comunidades; com a cidade", ressalta a produtora musical. Cada turnê realizará gravações de aproximadamente 15 artistas de diferentes gêneros musicais. E cada grupo ou artista irá gravar três obras, com letra e música própria.

O lançamento oficial do projeto está previsto para o próximo dia 26/5, no Armazém A do Cais do Porto, em Porto Alegre, com a presença de autoridades, parceiros e organizadores. Na ocasião, será entregue o CD de gravação do projeto experimental às primeiras oito bandas.

As inscrições serão realizadas pelowww.gravaeh.com.br; e a seleção das bandas será feita por reconhecidos músicos do Estado, juntamente com a equipe técnica do projeto.