Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Cidades > Capa

ANO 116 Nº 101 - PORTO ALEGRE, DOMINGO, 9 DE JANEIRO DE 2011

Santa Rosa

Hortigranjeiros são tema de pesquisa

Estudo divulgado pela Unijuí observou a demanda e a necessidade de desenvolvimento do setor na região | Foto: Felipe dorneles / especial / cp

Estudo divulgado pela Unijuí observou a demanda e a necessidade de desenvolvimento do setor na região | Foto: Felipe dorneles / especial / cp

Estudo divulgado pela Unijuí observou a demanda e a necessidade de desenvolvimento do setor na região
Crédito: Felipe dorneles / especial / cp

Um estudo divulgado pela Unijuí na última semana propõe a criação de um programa municipal para o desenvolvimento do setor de hortigranjeiros na Grande Santa Rosa. Após uma pesquisa de campo analisada pelo formando de Administração Jonas Diogo Silva, foi observada a demanda por esses alimentos e a necessidade de uma organização para que sejam produzidos na região. Dados da Secretaria de Agropecuária de Santa Rosa apontam que apenas 20% dos hortigranjeiros consumidos são produzidos localmente.

A pesquisa observou o comportamento do consumidor, do produtor e do comerciante. O trabalho detectou grande demanda, pouca produção e a dificuldade dos comerciantes ao comprarem dos produtores. Foi identificado que o consumidor valoriza aspectos como a aparência, o sabor e os benefícios à saúde. Além disso, as hortaliças mais adquiridas são a alface, tomate, repolho, cenoura e a rúcula. "Isso nos mostra que, para os entrevistados, o consumo desse alimento não é apenas uma questão de vida saudável, mas de hábito alimentar", explica o acadêmico.

O estudo aponta que a área destinada à produção de hortigranjeiros é entre 2 e 6 hectares em Santa Rosa e ocupa entre duas e quatro pessoas na atividade. Quanto à renda, os hortigranjeiros, para a maioria dos entrevistados, representam entre 40% e 80% da renda familiar total. "Os resultados indicam que a atividade é basicamente voltada a propriedades onde trabalha a família. Observa-se, também, que a maioria possui outra renda além da venda de hortigranjeiros", ressalta Diogo Silva.

A análise mostra também que os comerciantes têm basicamente três preocupações com o abastecimento: giro de produtos, quantidade e variedade. Para comprar de produtores de Santa Rosa, eles consideram que a melhor forma seria negociar com uma associação que intermediasse o negócio e garantisse a entrega regular. O trabalho teve os dados coletados por bolsistas e colaboradores da universidade, durante o Encontro Estadual de Hortigranjeiros, no Mercado Público Municipal da cidade.

Os resultados foram apresentados no final de dezembro à prefeitura, à Associação dos Produtores de Hortigranjeiros local e à Emater. Segundo o secretário municipal de Agropecuária, Ari Dresh, estas entidades já formaram um comitê que deve criar um plano municipal de hortigranjeiros, para aumentar a produção e seu comércio na região. A merenda escolar de todos os educandários do município é composta por itens de produtores locais.