Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Arte & Agenda > Capa

ANO 116 Nº 149 - PORTO ALEGRE, SÁBADO, 26 DE FEVEREIRO DE 2011

Pra quem é louco por cachorros

Acima Lúcia Bendati com a equipe do musical infantil escrito por Marcelo Adams | Foto: MARINA FUJINAME / DIVULGAÇÃO / CP

Acima Lúcia Bendati com a equipe do musical infantil escrito por Marcelo Adams | Foto: MARINA FUJINAME / DIVULGAÇÃO / CP

Acima Lúcia Bendati com a equipe do musical infantil escrito por Marcelo Adams
Crédito: MARINA FUJINAME / DIVULGAÇÃO / CP

A paixão de um cão livre e sem preocupações por uma cadela de raça, eternizada nas telas de cinema pela Disney, em "A Dama e o Vagabundo", serviu de inspiração para Lúcia Bendati em seu novo projeto: "Cãofusão", que estreia em abril no Teatro Renascença e em maio estará no Teatro Bruno Kiefer. Elaborado há nove anos, passou por várias escritas até a versão atual, de Marcelo Adams, onde a atriz com 25 anos de carreira assinará pela primeira vez a direção.

Lúcia sempre adorou musicais e cachorros, paixão compartilhada por Marcelo, seu parceiro no projeto de graduação e em "Mockinpott", no Teatro de Arena. Em 2002, ambos pensaram o que poderiam fazer relacionado ao tema e conceberam o espetáculo, apresentado no Fumproarte por três vezes e aprovado, após reescrito. A partir disto, pensaram na equipe, colocando como pré-requisito que os atores cantassem, tivessem boa disponibilidade corporal e gostassem de cachorros. A escolha recaiu sobre Daniel Colin, Patrícia Soso, Fernanda Petit, Denis Gosch, Ricardo Zigomático e Tatiana Fraga. Os ensaios começaram dia 10 de janeiro, com um intenso treinamento corporal, a cargo de Larissa Sanguiné e também vocal, de Simone Rasslan, que assina a trilha sonora, com Álvaro RosaCosta.

A história fala da cadela Lady, que, com o nascimento do filho de sua dona, acaba perdendo seu posto e ficando em segundo plano. Num passeio conhece Malandro, um vira-lata que lhe mostra a cidade com outros olhos, a diferença e os perigos de viver em liberdade, além da poesia presente nas pequenas coisas. A paixão é inevitável. Paralelamente, o perverso rato Iago, grande apreciador de ossos, tenta de todas as formas enganar os cães Bóris e Paci, na tentativa de roubar-lhes comida. Quando os cães da vizinhança, incluindo Lady, são sequestrados pelo temível Homem dos Cachorros, chega a hora de unir força para libertá-los. As galinhas Crista e Moela participam da aventura, numa grande fantasia musical, onde, desta vez, o mundo é dos cachorros.

Com 11 músicas e 11 coreografias, o musical terá como público alvo crianças, abrangendo também pré-adolescentes. Completam a ficha técnica Zoé Degani, no cenário e Cláudio Benevenga, no figurino.