Correio do Povo - O portal de notícias dos gaúchos | Versão Impressa

Porto Alegre

15ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

Habitação & Mercado > Capa

ANO 116 Nº 232 - PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2011

Empresas oferecem diversos produtos

TELA PARA PISCINA: rede aprovada conforme normas técnicas
Crédito: REDES GAÚCHA / DIVULGAÇÃO / CP

No caso de janelas de apartamentos ou andares superiores das casas, uma dica são as telas ou grades de proteção. A empresa Redes Gaúcha - Redes de Proteção Infantil e Esportiva é uma delas. Há dez anos no mercado, a empresa registra aumento nos pedidos a cada ano. Por dia são, em média, dez instalações, calcula Vanderléia Schmaedecke, proprietária da empresa.

Os pedidos são os mais diversificados, para proteção de janelas, sacadas, terraços, piscinas e até playgrounds. Ela explica que as redes são submetidas ao teste e aprovadas de acordo a NBR 14 718 anexo C (norma de guarda-corpo para edificação). São produzidas em fios torcidos de polietileno com nó, que proporciona maior resistência. Além disso, contém aditivo anti UV, que permite maior durabilidade ante a ação dos raios ultravioleta; antioxidante, que retarda o envelhecimento da rede; não conduz eletricidade e nem enferruja. São dois os tamanhos - malhas de cinco e dez metros -, com garantia de três anos em condições normais de uso. A garantia, no entanto, não cobre danos causados após sua instalação, como corte, queimaduras com chamas e produtos químicos. "O custo não é elevado, vai depender da dimensão da área onde o material será instalado", destaca Vanderléia.

No comércio, diversas lojas oferecem os protetores para móveis e outros utensílios de segurança. A Tok & Stok, em Porto Alegre, tem uma demanda grande em vendas de protetores de tomada, de quinas, fechos para armário, salva-dedos, guarda para cama e travas multiuso para gavetas e portas.

De acordo com Rodrigo Guimarães, gerente da filial da 24 de Outubro, estes itens de proteção são equipamentos básicos que complementam a segurança de uma residência. "Colocamos os produtos junto ao caixa, e o pai e a mãe que os visualizam certamente lembrarão de uma passagem com o seu filho que exigiu um maior cuidado com a casa", salienta.