Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 29 de Junho de 2017

Jornal > Geral

ANO 116 Nº 244 - PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 1 DE JUNHO DE 2011

Fabricantes reagem à pesquisa

Após os telefones móveis terem sido incluídos na lista de itens potencialmente cancerígenos pela Organização Mundial de Saúde, a Mobile Manufacturers Forum (MMF), associação que reúne fabricantes de aparelhos, saiu em defesa dos celulares.

Segundo o secretário-geral da entidade, Michael Milligan, a Agência Internacional para Pesquisa em Câncer (Iarc) concluiu que há possibilidade de que os campos de radiofrequência sejam carcinogênicos. "Autoridades de saúde deverão determinar o seu impacto em geral", afirmou Milligan. "O setor de comunicações móveis continuará apoiando pesquisas bem conduzidas e independentes que esclareçam qualquer incerteza identificada pela avaliação", destacou.

Segundo a MMF, no mundo, os telefones celulares recebem selos de aprovação regulatória - como o "CE" da União Europeia ou FCC dos EUA -, para mostrar que estão de acordo com padrões de exposição relevantes. "Além de operar no limite de exposição, os celulares são desenvolvidos para garantir que estejam sempre operando no nível mínimo para fazer uma chamada de qualidade", disse Milligan.