Correio do Povo - O portal de notícias dos gaúchos | Versão Impressa

Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019

Jornal > Do Leitor

ANO 117 Nº 105 - PORTO ALEGRE, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2012

Estiagem

Lembro o drama vivido pela população da cidade de Sananduva, quando era abastecida por um poço artesiano e por uma vertente. À menor estiagem, a população via-se privada de água potável. O então gerente da unidade da Corsan daquela cidade expôs ao então prefeito Waldemar Menon (in memoriam) seu plano de levar água do rio Forquilha até uma estação de tratamento situada na cidade. Com a decisiva intervenção daquela autoridade, foi possível concretizar seu projeto, tido como impraticável. Foi, assim, solucionada definitivamente a falta de água na cidade. Mesma intenção foi aventada junto à Corsan com relação a uma adutora que levaria água do rio Uruguai até a parte mais alta da cidade de Marcelino Ramos, ali tratada e de onde poderia facilmente ser canalizada para as cidades de Viadutos, Gaurama, Áurea, Três Arroios, Severiano de Almeida e Erechim. Não seria o caso de pôr aquela ideia em prática, solucionando de uma vez o problema de falta de água naquelas cidades, mormente agora com água represada pela Barragem de Itá?

Antonio Aurélio Crestani, Taquara

Resultados

Meu questionamento continua sendo o mesmo da leitora Maria Alice Pitta (CP 3/1). O que adianta o Brasil ocupar atualmente o 6 lugar no ranking mundial em desenvolvimento econômico, se continua apresentando resultados catastróficos em outras áreas. Onde está o efeito desse desenvolvimento? O Brasil dos grandes contrastes segue mostrando a sua cara, a renda prossegue concentrada, poucos brasileiros usufruem desse crescimento. Até quando?

Helena Maria Gauer, Porto Alegre

Carris

Agradeço à Carris pelos excelentes funcionários e pelo exemplo de solidariedade do motorista que socorreu um funcionário do nosso edifício, que teve um infarto dentro do ônibus, na parada do parque Moinhos de Vento. O motorista solicitou aos passageiros que se deslocassem para outro coletivo, chamou a Samu e foi até o nosso prédio, onde trabalha o acidentado, para notificar o ocorrido. São estas pessoas prestativas e educadas que fazem de nossa cidade um lugar digno de se viver. Parabéns.

Josete Sanchez, Porto Alegre

Remédio

Quando você compra um remédio em que a composição química não está clara, os efeitos colaterais não são informados e não tem sequer um o farmacêutico responsável, a sua saúde está em risco. Em se tratando de coligação política, ocorre o mesmo efeito. O governo eleito não tem rosto, ninguém é responsável pelos erros, e a saúde da sociedade sai prejudicada pelo desgoverno e pela corrupção. E você não tem para quem reclamar. É sempre assim!

Assis Vieira, Montenegro

doleitor@correiodopovo.com.br

Redator responsável: Renato Panattieri

Os artigos publicados com assinatura nesta página não traduzem necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. As cartas para o Correio do Leitor, com assinatura, endereço, número da identidade e telefone de contato para confirmação deverão ser enviadas para a Diretoria de Redação do Correio do Povo, na rua Caldas Júnior, 219, CEP 90019-900. Por razões de clareza ou espaço, as cartas poderão ser publicadas resumidamente.