Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 22 de Outubro de 2017

Jornal > Economia

ANO 117 Nº 179 - PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 27 DE MARÇO DE 2012

Renner ocupa a ex-Livraria do Globo

No terceiro andar do prédio histórico, o público pode conhecer o Memorial | Foto: PEDRO REVILLION

No terceiro andar do prédio histórico, o público pode conhecer o Memorial | Foto: PEDRO REVILLION

No terceiro andar do prédio histórico, o público pode conhecer o Memorial
Crédito: PEDRO REVILLION

Foi inaugurada na manhã de ontem a nova filial das Lojas Renner, que fica em um dos prédios mais representativos do Centro Histórico de Porto Alegre, onde se localizava a antiga Livraria do Globo, na Rua dos Andradas. No mesmo dia em que a cidade completou 240 anos, a empresa abriu ao público o Memorial Livraria do Globo, no 3 andar.

A loja tem seis andares em uma área total de 3,2 mil metros quadrados e emprega 70 funcionários. Cinco mil balões no ar marcaram a abertura oficial, além de ofertas exclusivas.

De acordo com o diretor-presidente da Renner, José Galló, o empreendimento é especial: por se tratar de um prédio histórico, o valor foi superior ao estimado, passando de R$ 7,5 milhões para R$ 10 milhões. O tempo também. Em média, a construção de uma loja demora 90 dias. Neste caso, foram quase sete meses.

O secretário municipal da Produção, Indústria e Comércio, Valter Nagelstein, ressaltou que o estabelecimento traz um novo padrão de serviços. "É mais um passo no processo de integração da população com o Centro."

Quem for ao local também poderá conhecer um pouco mais da história do prédio e da Livraria do Globo. O Memorial apresenta murais que recontam a história do grupo, da gráfica, dos principais proprietários e personagens importantes que passaram pelo local, como o ex-presidente Getulio Vargas. Um dos painéis foi especialmente feito para o escritor gaúcho Erico Verissimo.

A loja da Rua da Praia é a 21 do grupo no Estado. A Renner possui 165 operações no país e deverá abrir mais 30 neste ano, além do novo Centro de Distribuição no Rio de Janeiro. "Um investimento de R$ 420 milhões e mais de 3,2 mil novos empregos."