Correio do Povo - O portal de notícias dos gaúchos | Versão Impressa

Porto Alegre

13ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 24 de Junho de 2018

Jornal > Taline Oppitz

ANO 117 Nº 366 - PORTO ALEGRE, DOMINGO, 30 DE SETEMBRO DE 2012

A despedida no rádio e na TV

 | Foto: divulgação / cp

| Foto: divulgação / cp


Crédito: divulgação / cp

A veiculação dos programas eleitorais de rádio e TV se encerra na próxima quinta-feira, mas a despedida dos candidatos majoritários se dará na véspera, quarta-feira. A tendência é que os estrategistas políticos e de marketing das coligações optem por colocar em prática uma alteração nos programas finais. Nos últimos dias, as coligações de Adão Villaverde e Manuela D''Ávila, principais adversários do prefeito José Fortunati, que busca a reeleição, têm mesclado suas propostas para a cidade com críticas à atual administração, numa tentativa de atingir a vantagem que o trabalhista tem apresentado nas pesquisas de intenção de voto. Na despedida, porém, os ataques, se ocorrerem, devem ficar em segundo plano, perdendo lugar para a tradicional fórmula de apelar para o lado emocional do eleitorado, numa tentativa derradeira de confirmar e conquistar preferências.

Após as eleições

Com a retomada dos trabalhos na Assembleia em 9 de outubro, após as eleições, os deputados terão de se debruçar sobre um projeto de extrema importância para o Estado: o orçamento de 2013. O prazo para a apresentação de emendas à proposta se encerra 48 horas após o retorno, no dia 11.

Parcerias

Os senadores Paulo Paim, do PT, Ana Amélia Lemos, do PP, e o líder da bancada do PSDB na Assembleia, deputado Lucas Redecker, aproveitaram um encontro casual em restaurante na beira da estrada, em Pantano Grande, para discutir a parceria dos partidos nas eleições. Em diversos municípios, as realidades locais permitem que petistas, tucanos e progressistas estejam coligados. Entre eles, Santa Clara do Sul, Feliz, Camargo, Lavras do Sul e Ametista do Sul.

Problema a menos

Se não ocorrer segundo turno na eleição em Porto Alegre, possibilidade que não pode ser descartada segundo as pesquisas de intenção de voto, o cenário poupará uma dor de cabeça para o PT. A equalização é simples. Se houver segundo turno, o PDT irá reivindicar do PT, em função da parceria no governo estadual, a neutralidade do partido na Capital. Caso ceda à pressão, no entanto, o PT criará problemas com os também aliados PC do B e PSB.

Voto cedinho

As coordenações das campanhas dos três principais candidatos à Prefeitura de Porto Alegre ainda não definiram na integralidade as agendas do dia da eleição. Por enquanto, está batido o martelo somente nos horários em que votarão José Fortunati e Manuela D''Ávila, que prometem estar às 8h, quando abrem as urnas, em suas sessões eleitorais. O horário em que Adão Villaverde votará ainda está em aberto, pois o PT aguarda pela confirmação - ou não - da vinda da presidente Dilma Rousseff.

Apartes

A agenda da candidata Manuela D''Ávila já está em contagem regressiva. Ao lado das datas que chamam as programações da candidata estão sendo mencionados o número de dias que faltam para o veredicto das urnas, em 7 de outubro.

Respeitando as preferências alimentares de Marina Silva, Adão Villaverde irá almoçar com a ex-senadora, nesta segunda-feira, em um restaurante vegetariano de Porto Alegre. Em seguida, por volta das 14h30min, Villaverde e Marina irão caminhar na Praça da Alfândega.

Nasceu na sexta-feira, com 3,286 kg e 48 cm, a filha do candidato Celso Russomanno (PRB), líder das pesquisas eleitorais em São Paulo. Katherine Maués Neuland Russomanno nasceu de parto normal. A mãe, Lovani, e o bebê passam bem. Katherine é a terceira filha do casal.

Taline Oppitz

taline@correiodopovo.com.br