Escolas gaúchas investem na robótica para ensinar disciplinas e promover experiências pessoais

A tendência em apostar, cada vez mais, em tecnologia e inovação, como foi apresentada, na edição passada da Mais Domingo, já é realidade em algumas escolas gaúchas. No Colégio Província de São Pedro, na Capital, e no Marista Pio XII, em Novo Hamburgo, os alunos aguardam a participação no Firts Robotics Competition (FRC), competição mundial de Robótica do Ensino Médio que acontece nos Estados Unidos.

A empolgação com a atividade diferenciada é tanta que os estudantes costumam trabalhar nas férias para preparar os robôs que disputarão o campeonato. Neste ano, o Província emplaca sua 19ª participação no campeonato, com o Team, enquanto a equipe Under Control, do Pio XII, marca presença pela 16ª vez. Em ambos os times, os participantes destacam um conhecimento que vai além da disciplina propriamente dita.

“Serei a operadora do robô. Foi bastante desafiador para todos nós, desde o início. Eu tinha conhecimento de inglês, para ler todos os manuais, mas tive que aprofundar mais e pesquisar. Agora, é preciso estar bem concentrada para tudo dar certo”, disse Catarina Ferraz Maulaz, da turma 81.

O objetivo do jogo, este ano, é que as equipes coloquem o maior número possível de caixas em cima de uma balança, contabilizando pontos no momento em que o instrumento pender para o seu lado, pelo maior tempo possível. Ao final, o robô precisará se erguer sozinho e ainda ficar suspenso no ar.

Aprendizado prático

A experiência de montagem do robô trouxe para Giancarlo Bonin, da turma 201, importantes aprendizados, que passaram, não só pela eletrônica, mas por conceitos de física. “Na hora de montar o robô, foi importante o aprendizado prático para montar peças e encaixar fios. Porém, este ano, nos preocupamos muito com roldanas, voltagem adequada dos motores, correias e, em meio a isso, havia muitas questões de física para ver se a distância que alcança é adequada e se tem força para sustentação”, salientou.

O time é formado por alunos, desde o 8º ano do Ensino Fundamental até o Ensino Médio e ainda por ex-estudantes da instituição. O #383 Team será o único time brasileiro na etapa regional, disputada nos dias 22, 23 e 24 de março em Sacramento, capital da Califórnia (EUA), e nos dias 29, 30 e 31 do mesmo mês, em San José, também no Vale do Silício.
Trabalho em equipe

A equipe de robótica do Colégio Marista Pio XII, a Under Control, participa das etapas regionais de New York Tech Valley, que se encerram neste final de semana, e de Iowa, no próximo. “Esta é a 16ª vez que iremos participar da FRC e, nesse ano, contamos com muitos membros novos no time. Os estudantes puderam conhecer um mundo de habilidades, que haviam provado nas aulas de robótica. Acreditamos que essa experiência tenha grande impacto na vida desses alunos,que, além de uma série de habilidades técnicas, aprendem também a trabalhar em equipe, por um objetivo comum”, destaca o mentor do time, Filipe Ghesla.

“Tudo o que vivi desde que entrei para a Robótica, no ano passado, é aprendizado para a vida. Meus colegas sempre estavam junto para ajudar e aprendi muita coisa que irei usar na faculdade. É uma experiência única e nossa expectativa é manter o recorde do ano passado, chegar o mais longe possível, ir ao mundial”, diz o estudantes Leonardo Bertoletti, de 15 anos. Em 2017, a Under venceu a etapa regional e conquistou o prêmio técnico de “Qualidade do Robô e Empreendedorismo”. Em 2015, ganhou o troféu “Chairman’s Award”, que reconhece a equipe modelo para todas as outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *