Qualcomm diz que tribunal chinês bloqueou venda de iPhone por conflito de patentes

Juston Sullivan / Getty Images North America / AFP / CP

Um tribunal chinês proibiu a venda de iPhones no país por uma disputa entre a fabricante de chips americana Qualcomm e a Apple, anunciou nesta segunda-feira em comunicado a empresa de componentes.

O comunicado indicou que um tribunal de Fuzhou concedeu à Qualcomm duas liminares contra quatro subsidiárias da Apple, às quais ordenou que deixem de vender imediatamente os seguintes modelos: iPhone 6S, iPhone 6S Plus, iPhone 7, iPhone 7 Plus, iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X.

Este é o último capítulo de uma longa e complexa disputa de patentes e direitos autorais entre duas gigantes tecnológicas californianas em tribunais de vários países.

“Nós valorizamos nossa relação com os clientes e raramente recorremos à Justiça, mas também temos uma impressão pertinente de que precisamos proteger nossos direitos de propriedade intelectual”, disse Don Rosenberg, vice-presidente executivo da Qualcomm.

Para a empresa de componentes, Apple continua se beneficiando de sua propriedade intelectual mas se negando a compensá-los.

“Essas ordens judiciais são mais uma confirmação da força da ampla carteira de patentes da Qualcomm”, disse a empresa de chips. A Apple não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários.

 

Fonte: AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *