Porto Alegre, terça-feira, 23 de Dezembro de 2014

  • 28/03/2014
  • 12:55
  • Atualização: 17:00

HPS simula socorro a vítimas em treinamento para Copa

Profissionais da saúde que atuaram em edições anteriores compartilharam experiências

HPS simula socorro a vítimas em treinamento para Copa | Foto: Wagner Machado / Especial / CP

HPS simula socorro a vítimas em treinamento para Copa | Foto: Wagner Machado / Especial / CP

  • Comentários
  • Wagner Machado / Correio do Povo

Diversos profissionais de saúde participaram na manhã desta sexta-feira de um simulação no Hospital de Pronto Socorro (HPS)  para a Copa do Mundo em Porto Alegre. A atividade encerrou quatro dias de preparação  para desafios relacionados à realização de grandes eventos, como o enfrentamento de ameaças, vulnerabilidades e organização da Rede de Atenção à Saúde no Brasil. 

Coordenada pela Força do Sistema Único de Saúde (SUS) do Ministério da Saúde, com apoio da Secretaria Municipal de Saúde, a iniciativa trouxe à Capital quatro profissionais da área de socorro médico que atuaram em outras Copas do Mundo e compartilharam experiências, especialmente na prática de atendimento em eventos com múltiplas vítimas.

De acordo com a diretora-geral, Elisabethe Loguércio Collares, a simulação envolveu o socorro de cerca de 15 vítimas, com vários estados de saúde, que chegaram ao hospital de ambulância e a pé. O grupo foi avaliado em todos os procedimentos, desde a chegada, a triagem, a agilidade no encaminhamento ao setor específico para cada caso, a atitude das equipes médicas, a eficiência da estrutura do hospital, entre outros fatores.

O HPS foi escolhido como hospital referência na Capital para atendimento de traumas durante a Copa do Mundo. O Hospital Cristo Redentor também será considerado alternativa para esses casos. Mas como a instituição está mais próxima do Estádio Beira-Rio e dos eventos com grande público no entorno (Fan Fest), será sempre a primeira opção de atendimento.

Bookmark and Share