Correio do Povo | Notícias | Após impasse, Circo Tihany consegue liberação do Corpo de Bombeiros

Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

  • 08/03/2015
  • 09:53
  • Atualização: 10:18

Após impasse, Circo Tihany consegue liberação do Corpo de Bombeiros

Espetáculo chegou a ser cancelado porque local não tinha PPCI

Após impasse, Circo Tihany consegue liberação do Corpo de Bombeiros | Foto: Tihany / Facebook / Divulgação / CP

Após impasse, Circo Tihany consegue liberação do Corpo de Bombeiros | Foto: Tihany / Facebook / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Hygino Vasconcellos

O circo Tihany Spetacular conseguiu a liberação do Corpo de Bombeiros e estreou nesse sábado o espetáculo AbraKdabra, nas imediações da avenida Praia de Belas, em Porto Alegre. Na sexta-feira as apresentações tiveram que ser suspensas já que o Plano de Prevenção e Combate contra Incêndio (PPCI) não tinha sido aprovado pela corporação.

A organização do circo informou, por meio de nota divulgada pela assessoria de imprensa, que “trabalhou durante toda a madrugada e a manhã de sábado para atender as exigências do Corpo de Bombeiros”. A primeira apresentação ocorreu às 16h30min de sábado e cronograma dos outros shows está mantido.

Foram colocadas placas luminosas escritas em português nas nove saídas de emergência, em substituição às já existentes, em inglês. Também foi ampliado o número de luzes de emergência. O circo informou que os espectadores que tinham ingresso e ainda não o trocaram por outra sessão podem vir até a bilheteria e escolher nova data e horário.

A primeira sessão do Tihany Spectacular iria iniciar às 20h30 de sexta-feira e muitas pessoas aguardavam para acessar a tenda. Poucos minutos após o horário estabelecido, a organização do evento decidiu suspender as sessões “em respeito ao público e a determinação do Corpo de Bombeiros”. O ilusionista e diretor geral do Tihany Spectacular, Richard Massone, fez um pronunciamento para o público presente, comunicando a situação.

Ainda segundo a organização, o circo tem capacidade para receber 1.750 pessoas, mas se desconhece até o momento o número de presentes para a primeira sessão. Trabalham no local 130 pessoas de 25 nacionalidades e, para os espetáculos, atuam 60 artistas.


TAGS » Geral, Bombeiros, Circo