Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

  • 09/03/2015
  • 08:41
  • Atualização: 08:49

ONU apela ao mundo para impedir destruição de locais históricos no Iraque

Estado Islâmico devastou antiga cidade assíria de Nimrud, uma das mais importantes da Mesopotâmia

Militantes do Estado Islâmico devastaram a antiga cidade assíria de Nimrud | Foto: AFP / CP

Militantes do Estado Islâmico devastaram a antiga cidade assíria de Nimrud | Foto: AFP / CP

  • Comentários
  • Agência Brasil

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, manifestou nesse domingo a sua indignação com a destruição, pelo grupo extremista Estado Islâmico, de locais culturais históricos no Iraque e pediu ao mundo que ajude a impedir essas ações. “A destruição deliberada da nossa herança cultural comum constitui crime de guerra”, afirmou, destacando que os que praticam esses atos devem ser responsabilizados.

Militantes do Estado Islâmico devastaram a antiga cidade assíria de Nimrud, um dos principais sítios arqueológicos do Iraque e uma das cidades mais importantes da antiga Mesopotâmia, assim como o Museu da Civilização de Mossul, visando também à milenar cidade de Hatra, no Norte do país.

Ban Ki-moon manifestou-se “ultrajado”, ao citar recentes informações sobre a destruição em Hatra, cujas ruínas, com cerca de 2.300 anos, classificadas como Património Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), foram destruídas pelo Estado Islâmico.