Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 03/02/2011
  • 11:41
  • Atualização: 12:22

Liquida Porto Alegre começa na segunda-feira

Projeção é de um faturamento de R$ 900 milhões

  • Comentários
  • Mônica Bidese / Rádio Guaíba

Com a projeção de faturar R$ 900 milhões e de movimentar o varejo porto-alegrense no mês de fevereiro, o Liquida Porto Alegre - Um Exagero de Ofertas tem inicio na segunda-feira e vai até o dia 27. A abertura oficial, com direito a distribuição de brindes ao público e bolo, alusivo aos 15 anos da promoção, ocorrerá às 10h, no Largo Glênio Peres. Durante os 20 dias da liquidação, quem circular pela cidade terá a oportunidade de conferir produtos e serviços com descontos que podem chegar até 70%, percentual que varia de acordo com o segmento. A expectativa do setor é de que 8,5 mil lojistas participem da promoção, uma iniciativa da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Porto Alegre, em parceria com o Sicredi. A campanha foi divulgada nesta quinta-feira, durante evento no Millenium Flat, na Capital.

A novidade desta edição do Liquida é o uso da internet como aliada para impulsionar ainda mais as vendas. Este ano a CDL fará uso da web para possibilitar que os clientes comprem seus produtos pelo meio eletrônico. Ao acessar o site, adaptado para o formato e-commerce, o consumidor terá acesso aos itens em promoção oferecidos pelas lojas associadas da entidade e que já atuam com a venda online. Ao identificar o produto desejado após pesquisa, o consumidor clica no item e tem sua compra direcionada para o portal de cada empresa. Até o momento, já são 15 lojas cadastradas junto à CDL que disponibilizarão a compra eletrônica aos seus consumidores. O serviço só funcionará a partir de segunda-feira.

Outra atração é a possibilidade que o cliente terá de identificar, por meio de um aplicativo baixado em aparelhos iPhone e Smartphones, as lojas, endereços e as melhores ofertas disponibilizadas pelo varejo na liquidação. “Através desse GPS de ofertas, os consumidores poderão identificar e conferir os descontos especiais de produtos do seu interesse via iPhone, por exemplo. Com isso, a CDL se alia a tecnologia para impulsionar as vendas”, destacou o presidente da entidade, Vilson Noer. No caso do aplicativo, qualquer lojista pode solicitar sua inclusão a CDL, independente de atuar ou não no e-commerce.

A projeção é de um crescimento nos negócios do setor entre 8% e 12% em comparação com o mesmo período do ano passado. A estabilidade na economia, aliada à oferta de crédito e a elevação dos rendimentos das famílias são apontadas pelo dirigente como principais fatores para alavancar os negócios a serem feitos no Liquida Porto Alegre. A média de gastos por pessoa está estimada em R$ 150, mas segundo os empresários, depende do tipo de produto adquirido, muitas vezes essa média pode ser a da prestação de uma venda a prazo, por exemplo.

As tradicionais promoções realizadas paralelamente à campanha se mantêm nesta edição, entre as quais as que premiam a Melhor Vitrine, o Melhor Vendedor, além dos indicados ao prêmio Liquida Social. Os projetos de dez organizações da sociedade civil da Capital vinculadas a Parceiros Voluntários concorrem a um prêmio em dinheiro, que serão distribuídos entre os três primeiros colocados.

No ano passado, a Instituição Casa Marta e Maria foi contemplada com o primeiro lugar. A partir do dia 10, a CDL deverá publicar no site a lista das entidades que concorrem para que o público possa votar nos dez finalistas.

Bookmark and Share