Correio do Povo | Notícias | Sem o apoio da EPTC, Massa Crítica tranca ruas do Centro da Capital

Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 20 de Janeiro de 2019

  • 25/11/2011
  • 23:05
  • Atualização: 10:11

Sem o apoio da EPTC, Massa Crítica tranca ruas do Centro da Capital

Cerca de mil ciclistas participaram da manifestação contra o uso de automóveis

  • Comentários
  • Jerônimo Pires / Rádio Guaíba

Cerca de mil pessoas participaram de mais um evento do movimento Massa Crítica, na noite desta sexta-feira, em Porto Alegre. Sem a supervisão da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), os ciclistas trancaram o fluxo de veículos pelas ruas do Centro da Capital. Há nove meses, integrantes do grupo foram vítimas de atropelamento em massa promovido pelo servidor do Banco Central Ricardo Neis, de 48 anos, na esquina das avenidas José do Patrocínio e Luiz Afonso, no bairro Cidade Baixa.

O diretor de trânsito da EPTC, Carlos Pires, disse que o órgão já pediu, diversas vezes, que os manifestantes avisem as autoridades, a fim de minimizar os riscos de acidente. A Brigada Militar também informou não ter sido notificada. Dois integrantes do movimento foram procurados, mas não atenderam às chamadas de celular. Na época do acidente, os participantes relataram que a causa busca apresentar à sociedade uma alternativa para o uso de carros. Eles admitiram não alertar a Brigada Militar, nem a EPTC, sobre as chamadas "bicicletadas".

No dia 25 de fevereiro, Ricardo Neis, condutor de um Golf preto, jogou o carro contra um grupo de ciclistas e fugiu, no bairro Cidade Baixa. Pelo menos oito feridos foram levados para o Hospital de Pronto Socorro (HPS). Todos já receberam alta. Mais de 20 bicicletas foram danificadas.

O evento na Capital se repete uma vez por mês, sempre na última sexta-feira.

Confira vídeo do protesto desta noite:

 

Bookmark and Share


TAGS » Trânsito, Protesto